adblock ativo

Salvador em bairros: Liberdade e sua diversidade cultural

Publicado quarta-feira, 25 de março de 2015 às 12:22 h | Atualizado em 21/01/2021, 00:00 | Autor: Thaís Seixas
Saída do Ilê Aiyê - foto de 1996
Saída do Ilê Aiyê - foto de 1996 -
adblock ativo

O bairro

Considerado por muitos anos o bairro mais negro de Salvador - posto ocupado por Fazenda Coutos em 2014, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) -, a Liberdade expressa uma grande diversidade, seja em relação ao comportamento, costumes, manifestações religiosas ou culturais. O bairro expande continuamente os seus domínios e limites geográficos, agregando ruas, becos e ladeiras de locais como Japão, Queimadinho, Curuzu, Guarani, Estica, São lourenço e Favela. Mesmo que, oficialmente, não façam parte do bairro, as localidades sofrem com suas influências étnico-culturais.

Atrativos

A Liberdade é um dos bairros com vida própria: não é preciso andar muito para encontrar lojas, agências bancárias, clínicas, escolas, shopping e outros tipos de serviços necessários à população. É também um local de intensa diversidade cultural e atrativos para quem o visita.

Entre eles está a Ladeira do Curuzu, uma das mais famosas da cidade, que já foi tema de clássicos da música baiana. Lá está localizada a sede da Associação Cultural Ilê Aiyê que, além de ser o mais tradicional bloco afro do Carnaval, também desenvolve uma série de projetos sociais e ações afirmativas. Foi também lá que nasceu o Muzenza, outro bloco afro de grande expressão.

Imagem ilustrativa da imagem Salvador em bairros: Liberdade e sua diversidade cultural
Portão de entrada da Senzala do Barro Preto, a sede do bloco Ilê Ayê, no Curuzu (Foto: Fernando Vivas | Ag. A TARDE | 04.11.2013)

A Liberdade também possui seu próprio plano inclinado, que liga a Cidade Alta (onde o bairro está situado) à Cidade Baixa, igrejas seculares, como a de São Lázaro e a Paróquia de São Cosme e Damião, e praças, com destaque para a que homenageia Nelson Mandela, inaugurada em 1991, após o líder sul-africano ter sido libertado dos 27 anos de prisão. A praça conta ainda com um busto de bronze em reconhecimento à luta de Mandela contra a discriminação racial e a favor da paz.

Abra o olho

Como um bairro populoso, os principais problemas vivenciados pelos moradores estão relacionados à precariedade na oferta de serviços de saúde e educação, além da violência na região.

Como chegar

adblock ativo

Publicações relacionadas