Servidor é morto após ameaçar transeuntes com arma falsa

Homem estava armado e teria desobedecido orientações de policiais

Publicado quinta-feira, 16 de dezembro de 2021 às 11:28 h | Atualizado em 16/12/2021, 11:28 | Autor: Da Redação

Um servidor do Tribunal de Contas foi morto na noite da última quarta-feira, 15, após sacar uma arma falsa para policiais, na Avenida Garibaldi, em Salvador. Identificado como Antônio José Trocoli da Silveira, de 56 anos, era pai do lutador de MMA baiano, Antonio Trocoli, o "Malvado".

De acordo com informações iniciais, o homem estava armado e estaria agredindo algumas pessoas na rua. Quando os policiais se aproximaram, Antonio Jose teria sacado uma arma falsa, quando foi atingido por disparos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência chegou a socorrê-lo, mas ele não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Militar informou que por volta das 22h, os policiais foram foram acionados pelo Cicom, para averiguar uma denúncia de um homem armado, a bordo de um veículo Ranger azul agredindo transeuntes em via pública na Praça Lord Cochrane. No local, ele teria reagido, quando foi atingido pelos policiais. 

"No local a guarnição identificou um indivíduo que estava fora do veículo cujas características eram similares às que foram passadas pelo CICOM, e que estava visivelmente agitado. Dada a voz de abordagem, o suspeito gritou que estava armado, e que não iria colocar as mãos sobre a cabeça para a realização da abordagem, momento em que sacou abruptamente uma arma, sendo necessário os militares efetuarem disparos de arma de fogo, o homem foi atingido e imediatamente socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde não resistiu aos ferimentos", afirmou a Polícia Militar em nota. 

A ocorrência foi registrada na corregedoria da PM.

Publicações relacionadas