Temporada de baleias-jubarte inicia pelo litoral da Bahia

Estado é principal área de reprodução em águas brasileiras, para casalar, parir e amamentar seus filhotes

Publicado quinta-feira, 07 de julho de 2022 às 17:52 h | Atualizado em 07/07/2022, 17:52 | Autor: Da Redação
Espécie viaja da Antártida até o Brasil, com os primeiros indivíduos chegando em junho e seguindo até o final de outubro
Espécie viaja da Antártida até o Brasil, com os primeiros indivíduos chegando em junho e seguindo até o final de outubro -

A temporada das baleias-jubarte inicia mais um ano na costa da Bahia, principal área de reprodução em águas brasileiras, para casalar, parir e amamentar seus filhotes. A espécie viaja da Antártida até o Brasil, com os primeiros indivíduos chegando em junho e seguindo até o final de outubro. 

De acordo com o Projeto Baleia Jubarte, a gradativa recuperação da população brasileira de jubartes está aumentando o número de baleias. Os pesquisadores esperam uma temporada prolongada e com muitas baleias.

Este ano, o Projeto vai operar mais um ponto de observação e educação ambiental, no Farol da Barra, em Salvador, em parceria com o Museu Náutico da Bahia. Será realizado um monitoramento da baleias a partir de terra e o atendimento aos visitantes do Museu, com atividades de sensibilização e educação ambiental sobre as baleias e a conservação marinha.

"A chegada das gigantes também é boa notícia para os operadores de Ecoturismo, que após o impacto da pandemia esperam retomar este ano assaídas para observação de baleias”, disse o coordenador Operacional do Projeto na capital, Gustavo Rodamilans.

Em Salvador, a Shark Dive é parceira do Projeto Baleia Jubarte e opera tours regulares a partir de julho, e na Praia do Forte a Portomar e a Base Náutica.

Todo este trabalho de capacitação, acompanhamento, parcerias e promoção do Turismo de Observação de Baleias responsável, como ferramenta de conservação e de desenvolvimento sustentável, conta com a valiosa contribuição dos estagiários, estudantes de graduação de todo o país que, anualmente, participam do Programa de Estágio Curricular.

"Com base nos nossos mais de 20 anos de monitoramento contínuo das baleias em Salvador, podemos afirmar que estamos tendo um excelente começo de temporada, e é nossa expectativa que o Turismo de Observação ajude na retomada da economia turística da Bahia”, afirmou o coordenador de Comunicação do Projeto, Enrico Marcovaldi

Além de Salvador, diversas outras localidades costeiras já realizam observação de baleias com operadoras parceiras do Projeto. A lista completa pode ser acessada no site Baleia Jubarte.

Sobre o Projeto Baleia Jubarte

Atuando há mais de 30 anos na pesquisa e conservação das baleias-jubarte e do ambiente marinho no Brasil, o Projeto Baleia Jubarte, patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental, integra a Rede BIOMAR juntamente com outros projetos patrocinados pela empresa (Projeto Albatroz, Coral Vivo, Golfinho Rotador e Meros do Brasil), que atuam de forma integrada na conservação da biodiversidade marinha do Brasil.

O Projeto Baleia Jubarte é realizado pelo Instituto Baleia Jubarte a partir de suas sedes na Praia do Forte e em Caravelas, Bahia, e em Vitória, no Espírito Santo. Por meio deste projeto são realizadas ações de pesquisa científica, turismo responsável, ações de educação ambiental, bem como atividades de conservação que tem contribuído para o sucesso da recuperação da população de jubartes do atlântico sul ocidental. 

Publicações relacionadas