Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > bahia > SALVADOR
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
23/03/2023 às 5:00 - há XX semanas | Autor: Lívia Oliveira*

SALVADOR

Túnel subterrâneo provoca debate na capital baiana

ABI realiza debate, na próxima terça, na sede da associação, no auditório Samuel Celestino

Vista da sede da ABI da região por onde deve passar o túnel
Vista da sede da ABI da região por onde deve passar o túnel -

O “Túnel A”, como está sendo chamado o projeto do túnel subterrâneo feito para pedestres que liga o Campo da Pólvora, em Nazaré, ao Taboão, tem sido tema de um debate acirrado. Questões como segurança e investimento têm provocado as autoridades e a população. Para sanar as dúvidas, a Associação Bahiana de Imprensa (ABI) realizará debate na próxima terça-feira. O evento será, das 10h às 12h, no auditório Samuel Celestino.

“Por um período muito curto é um projeto de governo. Depois que é aprovado, isso vira uma licitação, depois vira um contrato, depois vira uma obra. Depois isso se torna também um compromisso para o município, que vai pagar por essa obra pelos próximos anos ou décadas”, narra Ernesto Marques, presidente da ABI, em relação ao compromisso do projeto com a população.

O túnel de 825 metros deve transportar cerca de 3 mil pedestres por dia e ficará entre 12 e 50 metros de profundidade no solo. A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas de Salvador (Seinfra) informou que o túnel contará com escadas rolantes dando acesso às esteiras, três estações e monitoramento por câmeras de segurança.

O que chama a atenção de Armando Branco, arquiteto, urbanista e professor, é o alto custo da obra, que está em torno de R$ 300 milhões. “Um projeto deste, diante de uma cidade que tem outras demandas, a gente até se preocupa. Se fizermos um exercício muito simples, vamos ver que com esse valor nós poderíamos construir uma coisa que é vital para a nossa cidade, principalmente por causa das áreas de risco”, conta Armando.

Comparação

O arquiteto ainda menciona que, com o dinheiro investido no túnel seria possível construir cerca de 4.100 habitações e é preciso pesar as necessidades que existem na cidade, além de verificar o custo-benefício com segurança e manutenção. Ele também cita que deve haver mais discussão sobre a real necessidade do túnel.

Por isso, o debate promovido pela ABI visa se aprofundar no projeto, fazendo uma abordagem 360° e escutando tanto apoiadores quanto contrapontos.

Para Paulo Ormindo, professor, arquiteto, articulista de A TARDE e também idealizador do projeto, já foram realizadas grandes obras na Bahia, como o metrô e o BRT, sem esse processo.

“Essa é a primeira vez que vejo um tema como esse sendo amplamente debatido na sociedade e, por isso que eu acho muito positivo, independente de qual seja a posição a ser tomada pela prefeitura”, conta Ormindo ainda.

O arquiteto também não vê uma audiência pública como a maneira mais adequada de se discutir problemas que impactam toda a sociedade.

Na sua concepção, inicialmente é preciso ouvir as associações defensoras da cidade, órgãos técnicos como Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) e demais órgãos ligados à área.

*Sob a supervisão da editora Meire Oliveira

Assuntos relacionados

Comércio população PREFEITURA Salvador túnel

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Comércio população PREFEITURA Salvador túnel

Cidadão Repórter

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Comércio população PREFEITURA Salvador túnel

Publicações Relacionadas

A tarde play
Vista da sede da ABI da região por onde deve passar o túnel
Play

Cenário de destruição: ônibus colidem na Avenida Tancredo Neves; vídeo

Vista da sede da ABI da região por onde deve passar o túnel
Play

Saiba quem é Marvin, ‘fiel’ do traficante mais procurado de Itaparica

Vista da sede da ABI da região por onde deve passar o túnel
Play

Após manutenção, Linha 2 do metrô volta a operar em Salvador

Vista da sede da ABI da região por onde deve passar o túnel
Play

CCR disponibiliza ônibus 'de graça' após pane na Linha 2 do metrô

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA