Vigilância Sanitária fiscaliza existência de álcool em gel em estabelecimentos de Salvador

Publicado segunda-feira, 02 de março de 2020 às 15:32 h | Atualizado em 02/03/2020, 15:35 | Autor: Da Redação

A fiscalização de estabelecimentos comerciais sobre a disponibilização de dispensadores de álcool gel foi intensificada na manhã desta segunda-feira, 2, com ação educativa realizada no Terminal Rodoviário de Salvador.

Fiscais da Vigilância Sanitária (VISA) realizaram uma inspeção com objetivo de ampliar a prevenção da transmissão de doenças virais na capital baiana. Os estabelecimentos que não possuírem o dispositivo legal, serão notificados e, em caso de reincidência, podem ser tomadas medidas coercitivas a exemplo advertência e multa.

“A Vigilância Sanitária está atuando de forma intensa na fiscalização de estabelecimentos comerciais no cumprimento da legislação estadual que obriga os mesmos a disponibilizarem os dispensadores de álcool gel tanto aos colaboradores quanto ao público em geral", informou Tanira Matutino, biomédica e fiscal de controle sanitário, à Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

"A medida visa reforçar a importância da assepsia das mãos que apesar de ser uma rotina simples, é bastante eficaz na prevenção e no controle da disseminação de infecções”, acrescentou a especialista.

De acordo com a VISA, os estabelecimentos comerciais sujeitos a essa obrigatoriedade são aqueles classificados como varejos de alimentação; shopping centers e centros comerciais; casas lotéricas; hotéis e pousadas; bares, restaurantes e similares; supermercados e hipermercados; escolas e faculdades; igrejas e templos religiosos; entre outros.

"As inspeções da Vigilância Sanitária seguem em toda a cidade, principalmente em locais de maior vulnerabilidade para transmissão viral", informa a SMS.

Publicações relacionadas