Homem é condenado a 30 anos de prisão após tocar fogo na esposa | A TARDE
Atarde > Bahia

Homem é condenado a 30 anos de prisão após tocar fogo na esposa

Ele não aceitava o fim do relacionamento de 3 anos

Publicado terça-feira, 12 de março de 2024 às 07:40 h | Autor: Da Redação
Sentença veio no Dia Internacional da Mulher
Sentença veio no Dia Internacional da Mulher -

No Dia Internacional da Mulher, 08 de março, um Tribunal do Júri realizado no Município de Jacobina condenou um homem a 30 anos e 11 meses de prisão em razão do feminicídio de sua companheira em dezembro de 2022. De acordo com o Ministério Público Estadual (MP-BA), Elton Ribeiro de Souza ateou fogo no corpo da esposa, causando-lhe ferimentos que provocaram a sua morte no dia 5 de dezembro de 2022, no Município de Ourolândia.

A acusação foi sustentada no Júri pelos promotores de Justiça Guilherme Abrante Cardoso de Moraes e Cintia Campos da Silva. Na sentença, a juíza Júlia Wanderley Lopes determinou que o réu cumpra a pena em regime fechado. Consta ainda na denúncia que eles mantinham relação afetiva há mais de três anos, a qual foi marcada por violência física e psicológica.

Segundo as denúncias, no dia 5 de dezembro de 2022, Elton agrediu a vítima com tapas e socos, e depois despejou cinco litros de líquido inflamável ateando fogo no corpo da companheira. Segundo a denúncia, ele agiu por motivo fútil, porque não queria que a vítima retornasse para São Paulo, seu estado de origem, e por não aceitar a separação.

Publicações relacionadas