Operação Faroeste: PF prende operador suspeito de movimentar R$ 1,5 milhão em esquema

Publicado quinta-feira, 17 de junho de 2021 às 11:34 h | Atualizado em 17/06/2021, 11:34 | Autor: Redação

Uma batida da Polícia Federal na cidade de Barreiras na manhã desta quinta-feira, 17, resultou na prisão de um homem apontado como um dos operadores do juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, réu na Operação Faroeste, que apura a venda de sentenças para legalização de terras no Oeste da Bahia. A prisão foi cumprida após determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

De acordo com as investigações, o homem movimentou mais de R$ 1,5 milhão para o juiz da 5ª Vara de Substituições da Comarca de Salvador, preso na primeira fase da operação em novembro de 2019 após ser acusado de de vender decisões para favorecer Adailton Maturino, empresário que se identificava como cônsul de Guiné-Bissau e suposto idealizador do esquema, na disputa por terras na região de Formosa do Rio Preto.

Publicações relacionadas