adblock ativo

PM e bandido morrem durante tentativa de assalto a lotérica

Publicado segunda-feira, 19 de maio de 2008 às 12:28 h | Atualizado em 19/05/2008, 13:01 | Autor: Juscelino Souza, Sucursal Vitória da Conquista
adblock ativo

Uma troca de tiros entre o policial militar Reginaldo dos Santos Décimo e um assaltante resultou na morte de ambos durante uma tentativa de assalto à casa lotérica Arco-Íris, na Avenida Siqueira Campos, uma das mais movimentadas de Vitória da Conquista, a 509 km de Salvador.

Segundo testemunhas, por volta das 10h40 desta segunda-feira, 19, dois bandidos chegaram numa motocicleta Honda CG, azul e um deles entrou na lotérica, portando uma pistola automática Ponto 40, anunciando o assalto. O outro permaneceu fora, com o motor ligado.

Houve pânico e alguns clientes conseguiram fugir. Fora de serviço, o policial militar que passava pelo local percebeu a movimentação e tentou reprimir o assalto, sendo recebido à bala.

Um dos disparos acertou o peito de Décimo, que mesmo ferido disparou contra o assaltante, também acertando peito. O marginal disparou em seguida e acertou o rosto do PM. Ambos morreram na hora.

O comparsa do assaltante aproveitou o tumulto e fugiu em disparada. Testemunhas disseram que ele usava um blusão preto, vestia calça jeans e estava com um boné vermelho. O bandido morto ainda não foi identificado pela polícia.

A agência lotérica possui três câmeras de monitoramento e as imagens serão requisitadas pela polícia civil para ajudar na apuração dos fatos. A polícia também arrolou testemunhas e funcionários da empresa.

Em poucos segundos a notícia se espalhou, atraindo uma multidão de policiais civis e militares e vários curiosos. Visivelmente emocionados, os militares não continham as lágrimas ao olharem para o corpo do colega, que tinha mais de 10 anos na corporação e era lotado na Companhia de Ações Especiais do Sudoeste e Gerais (Caesg).

adblock ativo

Publicações relacionadas