PM "influencer" é afastado de atividades após participação em podcast | A TARDE
Atarde > Bahia

PM "influencer" é afastado de atividades após participação em podcast

Durante o programa, Lins descreve detalhes de uma abordagem policial a casal que fazia sexo em carro

Publicado sexta-feira, 20 de outubro de 2023 às 08:09 h | Atualizado em 20/10/2023, 09:24 | Autor: Osvaldo Barreto
Avaliação é de que ele desacreditou a seriedade da abordagem policial
Avaliação é de que ele desacreditou a seriedade da abordagem policial -

Participante assíduo de diversos podcasts e produtor de conteúdo digital nas redes sociais, o soldado da Polícia Militar da Bahia, Clézio Santana Lins,  conhecido como Lins Santana, foi afastado das atividades operacionais da 59ª Companhia Independente de Abrantes, em Camaçari. A decisão foi publicada na última segunda-feira, 16, e acontece após a participação do militar no Podcast "Só Vem", no último dia 5,

Durante o programa, Lins descreve detalhes de uma abordagem policial da guarnição que integrava. Segundo ele, um casal estava mantendo relações sexuais dentro de um carro e um integrante da equipe teria insistido na abordagem para satisfazer sua lascívia, mesmo sendo repreendido por Lins. 

“Qual foi homi, deixa o casal lá”, disse Lins.  Em resposta o policial disse: “É, ela vai, mas ela vai voltar sem calcinha”; o Sd LINS perguntou: “Porque?”, tendo como resposta: “Eu trouxe a calcinha (risos)”. 


Na decisão, assinada pelo Comandante-Geral da PM-BA, Coronel Coutinho, fica determinado que o Soldado também está proibido, temporariamente, de usar uniforme e armas pelos próximos 30 dias. 

Violação de conduta

O processo administrativo disciplinar (PAD) instaurado contra o Soldado Lins apura violação de conduta do Estatuto da Polícia Militar da Bahia e da Portaria que regulamenta a conduta de policiais militares em redes sociais. 

Segundo o documento, o servidor “maculou a imagem da corporação, desacreditando à população a seriedade da abordagem policial”. 

Publicações relacionadas