Presenciou festas clandestinas e aglomerações? Seja um Cidadão Repórter e denuncie

Publicado terça-feira, 29 de dezembro de 2020 às 10:52 h | Atualizado em 21/01/2021, 00:00 | Autor: Da Redação

As celebrações de réveillon serão diferentes neste ano. Com o decreto do Governo da Bahia, ficam proibidos shows e festas, independente do número de participantes, sejam elas públicas e privadas.

Com o intuito de contribuir com o combate ao coronavírus e alertar sobre possíveis festas clandestinas, o Portal A TARDE irá disponibilizar o direct do Instagram para receber denúncias dos leitores. O Cidadão Repórter, que funciona normalmente durante todo o ano, terá uma atenção maior para as questões de aglomeração.

Como ser um Cidadão Repórter

Através do direct no Instagram do Grupo A TARDE ou do número de whatsapp - 71 981093965, resuma informações que definam a aglomeração ou festa clandestina, contando onde e quando o caso ocorreu. Acrescente relatos que possam complementar o fato, além de enviar fotos e vídeos que comprovem o ocorrido.

Imagem ilustrativa da imagem Presenciou festas clandestinas e aglomerações? Seja um Cidadão Repórter e denuncie
Denúncias podem ser feitas através do direct do Instagram | Foto: Laryssa Machado | Ag. A TARDE

Denúncia

Além das denúncias através do direct no Instagram, o cidadão também deve notificar as autoridades em relação a qualquer descumprimento do decreto. Em Salvador, as denúncias podem ocorrer pelo Disque Coronavírus 160, ou através do Fala Salvador, no telefone 156.

Decreto

O governo da Bahia anunciou no dia 3 de dezembro o nº 19.586 que proíbe a realização de shows e festas em todo o estado. A decisão consta no Diário Oficial do Estado (DOE). Além da proibição de eventos, independente da quantidade de pessoas, o governador Rui Costa também confirmou que a polícia irá atuar para garantir o cumprimento do decreto.

Publicações relacionadas