adblock ativo

Rui Costa se reúne com ministros e agência de investimentos no Cazaquistão

Publicado às | Atualizado em 20/10/2021, 12:09 | Autor: Da Redação
Governador teve nesta quarta primeiros compromissos na Ásia | Foto: Daniel Senna | GOV BA
Governador teve nesta quarta primeiros compromissos na Ásia | Foto: Daniel Senna | GOV BA -
adblock ativo

O governador Rui Costa esteve nesta quarta-feira, 20, nos ministérios das Relações Exteriores, do Comércio e Integração do Cazaquistão e foi recebido pela agência oficial de investimentos e estímulo à exportação do país, a Kazakh Invest, em seu primeiro compromisso na Ásia.

O chefe do Executivo baiano discutiu o aumento de investimentos do Cazaquistão nos setores de mineração e transporte da Bahia, onde o país asiático já tem negócios. “Foi um dia extenso, de muitas agendas, tratando de parcerias em áreas que vão além da mineração, como o agronegócio, petróleo e gás. É aumentando o relacionamento que vamos aumentar a geração de emprego e renda para nossa gente”, declarou Rui.

Entre os investimentos cazaques na Bahia, estão uma mina de minério de ferro em Caetité, a construção da Ferrovia Oeste Leste (Fiol) e o Porto Sul, em Ilhéus. Além disso, o país pode ser explorado por empresas exportadoras baianas, por sua posição estratégica na Ásia Central, localizado entre a China e a Rússia.

O ministro adjunto das Relações Exteriores do Cazaquistão, A. Rakhmetullin, afirmou que o país trabalha para ampliar as relações comerciais com o Brasil e vê na Bahia um grande parceiro. Ele ainda convidou o governo do Estado a participar de um grupo de trabalho criado no Itamaraty com esse objetivo. "Vocês são a primeira comitiva de um governo estadual brasileiro a vir ao Cazaquistão. É um gesto importante e estamos dispostos a ampliar a relação bilateral. Vamos atuar para concretizar negócios entre Cazaquistão e Bahia", destacou o ministro.

No ministério do Comércio e Integração, responsável pela política comercial cazaque, as negociações foram no sentido de estabelecer uma via de comércio direto entre a Bahia e o Cazaquistão, com potencial para exportação de produtos do agronegócio baiano, como grãos, frutas e cacau, que atualmente chegam ao país asiático de forma indireta.

No último compromisso do dia, o governador apresentou oportunidades da economia baiana para a Kazakh Invest. Além da Bahia, Rui destacou o potencial do Nordeste. “Ficou acertado que iremos receber uma missão técnica do Cazaquistão agora em novembro e, no início do ano que vem, uma comissão de empresários interessados em investir no Brasil, na Bahia e no Nordeste”, explicou.

adblock ativo

Publicações relacionadas