adblock ativo

Suspeitos são identificados por morte de padre em Angical

Publicado segunda-feira, 11 de março de 2013 às 17:27 h | Atualizado em 11/03/2013, 22:51 | Autor: Da Redação
adblock ativo

A Polícia Civil identificou dois homens suspeitos de matar o padre Raimundo Renan Valente, de 53 anos, na noite de domingo, 10, no município Angical, localizado no oeste baiano. O religioso foi morto a pauladas e golpes de facão no quintal da paróquia.

De acordo com os agentes, as investigações da Delegacia Territorial (DT) da cidade apontam que um dos autores é do estado de Goiás e se hospedava na casa da vítima. O segundo envolvido é natural de Barreiras e também não teve o nome revelado. Ambos estão sendo procurados pela polícia.

Após o crime, os autores fugiram com o veículo do padre, um Corsa Sedã de cor prata, e levaram também a carteira com dinheiro e documentos pessoais.

O delegado Carlos Roberto de Freitas, titular da DT que acompanha o caso, informou que uma testemunha contou que os suspeitos já estavam dentro da casa quando o padre retornou da igreja após celebrar a missa dominical. Disse também que o goiano tinha acesso ao controle remoto do portão da garagem e já visto ele na casa em outras vezes.

O padre teria tentado se defender, entrando em luta corporal com os agressores. No local, os homens abandonaram as armas do crime, que foram encaminhadas para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT). A polícia investiga a participação de outras pessoas no latrocínio.

O corpo do padre será enterrado nesta quarta, 13,  no cemitério N. Sra. da Vitória, em Ilhéus, após missa de corpo presente na catedral de São Sebastião, às 9h.

adblock ativo

Publicações relacionadas