Aeronave arremete para evitar colisão no aeroporto de Congonhas

Outra aeronave estava na pista e, no momento do ocorrido, se preparava para a decolagem

Publicado segunda-feira, 18 de julho de 2022 às 18:40 h | Atualizado em 18/07/2022, 21:01 | Autor: Da Redação
Arremetida é um procedimento normal e seguro na aviação
Arremetida é um procedimento normal e seguro na aviação -

Na manhã desta segunda-feira, 18, um avião da Gol que se aproximava do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, precisou arremeter para evitar a colisão com outra aeronave da Latam que estava na pista e se preparava para a realizar a decolagem.

A arremetida é um procedimento normal e seguro na aviação. Segundo informações, por volta das 9h54, os sistemas privados de navegação aeronáutica registraram o momento de aproximação das duas aeronaves. Os voos envolto no incidente foram os LA3610, da Latam, e o G1209, da Gol, que vinha de Porto Alegre.

O dever sobre os pousos e decolagens em Congonhas é do controle de tráfego aéreo - a cargo do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), órgão ligado à Aeronáutica.

O controlador que autoriza cada aeronave a pousar ou decolar, e monitora a aproximação  de aviões no aeroporto.

O que diz a Gol

A Gol confirmou por meio de nota, que o voo 1209 “efetuou uma arremetida durante o seu processo de aterrissagem em São Paulo devido à presença de aeronave de uma companhia congênere na pista” e relatou que “todo o procedimento seguiu os mais rígidos protocolos de Segurança, valor número 1 da Companhia”.

De acordo com a empresa, “depois de liberada a pista, a aeronave retomou sua posição e pousou em Segurança às 10h05, hora local”.

O que diz a Latam

Por meio de nota, a Latam disse que “não registrou nenhuma irregularidade na sua operação no voo LA3610 (São Paulo-Congonhas/São José Do Rio Preto) e em nenhum outro voo nesta segunda-feira, 18.”

Publicações relacionadas