Airbnb proíbe câmeras de segurança em imóveis de locação | A TARDE
Atarde > Brasil

Airbnb proíbe câmeras de segurança em imóveis de locação

Mudanças valem para todos os países onde a empresa atua

Publicado terça-feira, 12 de março de 2024 às 20:42 h | Autor: Da Redação
Novas diretrizes começam a valer a partir de 30 de abril
Novas diretrizes começam a valer a partir de 30 de abril -

A plataforma Airbnb, utilizada para aluguéis de imóveis temporários, anunciou nesta segunda-feira, 11, que não vai mais permitir câmeras no interior das hospedagens. De acordo com a empresa, a medida vale também para espaços externos com maior risco de exposição da privacidade do hóspede, como chuveiros e saunas. A determinação vale para todos os países onde a empresa atua.

As novas diretrizes começam a valer a partir de 30 de abril. As normas atuais permitem que os donos das acomodações possam instalar câmeras em áreas de convivência comum, como salas e corredores, desde que os aparelhos não sejam escondidos. As informações são do jornal O Globo.

“O Airbnb proíbe o uso de câmeras de segurança em interiores nos alojamentos de todo o mundo como parte dos esforços para simplificar nossa política sobre câmeras de segurança e outros dispositivos e para seguir dando prioridade à privacidade de nossa comunidade”, disse a companhia em publicação.

Publicações relacionadas