Amazônia registra maior acumulado de focos de incêndio em 10 anos, diz Inpe

Publicado sexta-feira, 09 de outubro de 2020 às 10:45 h | Atualizado em 09/10/2020, 10:49 | Autor: Da Redação

Conhecido historicamente como o mês com os maiores números de focos de incêndio, o mês de setembro registrou o maior número de queimadas em 10 anos, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Em comparação com 2010, do dia 1° de janeiro a 30 setembro foram registrados 102.409 casos. Neste ano, no mesmo espaço de tempo, foram confirmados 76.030 casos. O número de casos superou, nesta quinta-feira, 8, os dados do ano passado. São 81.805 contra 89.176, em 2019.

Uma das principais consequências das queimadas, o desmatamento da Amazônia Legal, área que abrange 59% do território brasileiro, com nove estados (Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Tocantins, Mato Grosso,Maranhão, Rondônia, Roraima) registrou o maior número nos últimos cinco anos. De acordo com o Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter), cerca de 964 km² foram desmatados na região.

Publicações relacionadas