Após polêmica, Outback proíbe funcionários de atenderem ajoelhados | A TARDE
Atarde > Brasil

Após polêmica, Outback proíbe funcionários de atenderem ajoelhados

Caso é investigado pelo Ministério Público do Trabalho do Maranhão

Publicado quarta-feira, 22 de março de 2023 às 20:47 h | Atualizado em 22/03/2023, 20:51 | Autor: Da Redação
Vídeo divulgado pela advogada no Outback viralizou nas redes sociais
Vídeo divulgado pela advogada no Outback viralizou nas redes sociais -

A rede Outback acabou com a prática de funcionários de se abaixarem para atender clientes em todo o Brasil. A medida foi tomada depois que o  Ministério Público do Trabalho do Maranhão recebeu uma denúncia sobre a ocorrência. 

Por meio das redes sociais, a advogada Ana Beatriz Salgado afirmou que foi atendida de joelhos por uma funcionária. “Achei estranho porque ela fez isso duas vezes. Perguntei e ela me disse que era a orientação do restaurante”, publicou. O procedimento apontado aconteceu em São Luís, no dia 16 de março. 

O vídeo divulgado pela advogada viralizou nas redes sociais. Segundo o Outback, a prática de se ajoelhar diante dos clientes era opcional. 

“A prática de o atendente olhar os clientes na altura dos olhos abaixando-se ou sentando-se junto deles à mesa sempre foi uma ação opcional que ficou muito conhecida no passado como uma frente de receptividade durante o atendimento. informamos que o processo que atualmente é opcional, passa a ser extinto em todas as nossas 141 unidades pelo Brasil. Todos os restaurantes serão orientados a não utilizá-la mais”, disse as empresas nas redes sociais. 

Após a publicação, Ana Beatriz afirmou que recebeu relatos de outros clientes que presenciaram a mesma cena. Funcionários teriam ficado com joelhos machucados. O caso é investigado pelo Ministério Público do Trabalho do Maranhão. 

Veja vídeo:

  

Em nota divulgada na imprensa, o Outback afirmou que os funcionários não são obrigados a ficarem de joelhos no chão.

“O Outback Steakhouse reforça que não obriga que seus funcionários atendam os clientes em posição de joelhos. A intenção sempre foi a de buscar proximidade e oferecer um ambiente bastante hospitaleiro, tanto para clientes, como para funcionários", contou. 

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS