Após Salvador, outras capitais decidem cancelar eventos no Réveillon

Publicado terça-feira, 30 de novembro de 2021 às 09:04 h | Atualizado em 30/11/2021, 09:06 | Autor: Da Redação

Após Salvador cancelar o Festival da Virada, outras capitais do Brasil seguiram o mesmo caminho e cancelaram diversas festas, eventos ou shows que marcariam as comemorações do Réveillon. Florianópolis, João Pessoa, Fortaleza, Palmas, Recife e São Luís anunciaram cancelamento total ou parcial de eventos tradicionais.

Foram feitos cancelamentos total ou parcial das festas de réveillon por conta da Covid-19 em Florianópolis, João Pessoa, Fortaleza, Palmas, Recife e São Luís. Rio de Janeiro e São Paulo ainda planejam fazer o evento. Belo Horizonte, que não realiza réveillon desde 2016, seguirá sem festa este ano.

Havia a expectativa do retorno das grandes festas em todo o Brasil por causa da queda no número de mortes e casos por Covid-19 que acontece há alguns meses, fruto da campanha de vacinação em massa. No entanto, o grande número de casos em países europeus com grandes taxas de vacinação e o surgimento da variante ômicron fizeram com que parte dos prefeitos e governadores volte a adotar medidas mais cautelosas.

"Os números de óbitos só fazem cair. Só que num cenário de incertezas e dúvidas não há como realizar o Festival Virada esse ano para 200 mil pessoas, estamos a 1 mês da festa e chegamos ao limite dessa decisão", disse o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM) ao anunciar o cancelamento do Festival Virada Salvador.

Publicações relacionadas