adblock ativo

Artistas comentam sobre manchas de óleo nas praias do Nordeste

Publicado segunda-feira, 21 de outubro de 2019 às 12:51 h | Atualizado em 21/10/2019, 12:59 | Autor: Da Redação | Foto: Reprodução | Instagram
"Tartaruga, golfinhos e peixes morrendo", ressaltou Whindersson
"Tartaruga, golfinhos e peixes morrendo", ressaltou Whindersson -
adblock ativo

Os artistas se pronunciaram nas redes sociais este fim de semana, sobre as manchas de óleo, que apareceram nas praias do Nordeste. O comediantes piauiense Whindersson Nunes, a apresentadora baiana Bela Gil e o artista plástico Vik Muniz usaram o Instagram para comentar sobre a mobilização da população, que tem realizado ações para limpar as praias.

Junto com o vídeo, Whindersson comentou que "a população que vive da pesca e do turismo fazendo de tudo pra limpar o lugar de onde vem o sustento. Tartaruga, golfinhos e peixes morrendo".

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Rapaz mas é uma putaria muito grande um negócio desses.. 187 localidades do Nordeste, eu disse CENTO E OITENTA E SETE localidades atingidas por essa disgraça dessa merda desse carai desse óleo. A maior barreira de corais do mundo (no último vídeo) quase foi melada de óleo. A população que vive da pesca e do turismo fazendo de tudo pra limpar o lugar de onde vem o sustento. Tartaruga, golfinhos e peixes morrendo nessa bosta de óleo. Ninguém sabe de onde vem, ninguém sabe quem foi, ninguém sabe de nada, ninguém nunca sabe de porra nenhuma. Meus amigos que estão ajudando a limpar, muito obrigado e tomem cuidado que esse óleo é tóxico, se alguém das cidades puder disponibilizar luvas e botas pros voluntários eu vou ficar muito agradecido, até propaganda de graça eu faço, ninguém merece isso. O Nordeste sempre foi receptivo e carinhoso com todos, precisamos das praias limpas pra receber vocês.. Talvez esse óleo tenha que sair na torneira de alguém pra ser resolvido. Que disgraça.

Uma publicação compartilhada por Whindersson Nunes (@whinderssonnunes) em

Já a apresentadora ressaltou a importância do trabalho realizado pela população para limpar a praia e cobrou ações efetivas do governo federal: “Me admira e me orgulha o povo nordestino, ao mesmo tempo que me machuca e me envergonha o governo federal!!! Sem ajuda do governo, a população vai às praias limpar o piche com as próprias mãos”, afirmou Bela.

Vik Muniz, conhecido internacionalmente por seu trabalho social, postou um vídeo para mostrar a gravidade do problema, além de cobrar empenho das autoridades.

“Depois de esvaziar cargos e recursos destinados a contingências ambientais, resta ao Ministério do Meio Ambiente apenas o hercúleo trabalho de limpar a sua reputação. É importante ressaltar que os currais do rei Aúgias não foram limpos com propaganda, ideologia e incompetência”.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

An immense amount of oil has been washing up on the shores of northeastern Brazil for over two weeks now and nobody has been able to identify the cause of the phenomenon. The stain now has reached the coast of Pernambuco , threatening the world’s second largest coral reef. Local communities and NGOs have been carrying on the cleaning without any help or guidelines from the ministry of environment. —————————————Depois de esvaziar cargos e recursos destinados a contingências ambientais, resta ao ministério do meio ambiente apenas o hercúleo trabalho de limpar a sua reputação. É importante ressaltar que os currais do rei Aúgias não foram limpos com propaganda, ideologia e incompetência. Repost @jornaloglobo ・・・ ÓLEO CHEGA À PRAIA DOS CARNEIROS E DEVE ATINGIR PORTO DE GALINHAS | . Algumas das praias mais belas do Nordeste amanheceram cheias de óleo nesta sexta-feira. Carneiros, em Tamandaré, um dos cartões-postais de Pernambuco, foi tomada pelas manchas de óleo denso. Voluntários fizeram mutirões para limpar a areia. O biólogo marinho Clemente Coelho, presidente do Instituto BiomaBrasil, disse que as manchas voltaram a chegar com intensidade ao litoral de Pernambuco e Alagoas, na maré desta sexta. A Costa dos Corais entre os dois estados foi atingida, assim como a paradisíaca Maragogi, em Alagoas. "A mancha deve ter atingido uma área muito grande no oceano e derivou para o Sul trazendo óleo mais concentrado. Ele está bem denso, mais grosso", explica o especialista, que acompanha desde o início de setembro o desastre, o maior com petróleo em extensão do Brasil. A maré levou o óleo para dentro dos rios Una e Formoso, onde há importantes manguezais, e há temor que atinja ainda hoje Porto de Galinhas. #JornalOGlobo #nordeste #praiadoscarneiros #portodegalinhas #pernambuco #petroleo #meioambiente 📸: Clemente Coelho Júnior/Instituto Bioma Brasil. #guardioes_do_litoral @guardioes_do_litoral

Uma publicação compartilhada por Vik Muniz (@vikmuniz) em

adblock ativo

Publicações relacionadas