Bolsonaro decide demitir o presidente da Petrobras

Aumentos consecutivos dos combustíveis levaram o presidente da República a tomar a decisão

Publicado segunda-feira, 28 de março de 2022 às 18:25 h | Atualizado em 28/03/2022, 18:47 | Autor: Da Redação

O presidente Jair Bolsonaro (PL) avisou aliados próximos que vai trocar o comando da Petrobras, atualmente presidida pelo general Joaquim Silva e Luna. O militar já foi avisado. O anúncio ainda não foi feito, mas isso deve ser confirmado nas próximas horas, de acordo com interlocutores do Palácio do PlanaltoL.

Segundo integrantes do governo, a demissão acontecerá por causa da pressão por conta do aumento no preço dos combustíveis e depois de diversas críticas feitas pelo governo e pelo Congresso à estatal.

O mais cotado para o cargo de presidente da estatal é o economista Adriano Pires. Ele é especialista do setor de óleo de gás.

Para que a substituição seja efetuada, o Ministério da Minas e Energia deve enviar a indicação de um novo nome para a Petrobras. A indicação deve ser votada no Conselho de Administração da Petrobras. A previsão é que a votação ocorra ainda na primeira quinzena de abril.

Publicações relacionadas