Casal é assassinado a tiros após reclamar de som alto do vizinho

Suspeito ainda teria ligado para a filha da vítima informando o ocorrido

Publicado segunda-feira, 11 de julho de 2022 às 17:04 h | Atualizado em 11/07/2022, 17:12 | Autor: Da Redação
Companheiro, após ouvir a confusão, saiu de casa e encontrou o corpo da mulher estirado ao chão
Companheiro, após ouvir a confusão, saiu de casa e encontrou o corpo da mulher estirado ao chão -

Um casal foi morto a tiros após pedir que o vizinho não usasse som alto na porta de sua residência, em Birigui, interior de São Paulo.

As vítimas foram a dona de casa Mirlene Gonçalves, de 41 anos, e do marido dela, Robson Leandro Fioroto, 43.

Segundo a Polícia Civil, o vizinho, que mora em frente à casa onde o casal vivia, teria estacionado na frente de casa um veículo com som alto.

Incomodada, a mulher foi à calçada pedir que baixasse o som e ambos começaram a discutir. Neste momento, o suspeito teria pego uma carabina calibre .44 no carro e atirou contra a mulher.

O companheiro, após ouvir a confusão, saiu de casa e encontrou o corpo da mulher estirado ao chão. Ele também foi baleado nas costas e morreu no local.

Segundo a Polícia, o suspeito ainda teria ligado para a filha de Mirlene informando o ocorrido. O suspeito não teve o nome divulgado e fugiu do local.

Publicações relacionadas