Denilson pede e prêmio de Belo na Dança dos Famosos será penhorado | A TARDE
Atarde > Brasil

Denilson pede e prêmio de Belo na Dança dos Famosos será penhorado

Ex-jogador cobra que a histórica dívida supera os R$ 9 milhões

Publicado segunda-feira, 19 de junho de 2023 às 09:46 h | Autor: Da Redação
Belo foi condenado a pagar uma indenização a Denilson
Belo foi condenado a pagar uma indenização a Denilson -

Os cachês e o prêmio que o cantor Belo recebeu na Dança dos Famosos, da TV Globo, vai ser penhorado para pagar uma dívida do artista com o ex-jogador Denilson. A determinação foi publicada na última sexta-feira, 16, juiz Carlo Melfi, da 5ª Vara Cível de São Bernardo do Campo, em São Paulo. 

Na decisão, o juiz determinou  que seja expedido um ofício com urgência para ser enviado à Rede Globo de Televisão avisando sobre a penhora. Além disso, deve ser  nomeado um contador para calcular o valor exato do débito atualizado, pois existe uma divergência entre as partes. 

Denilson cobra que a dívida supera os R$ 9 milhões, enquanto Belo admite um débito de R$ 4.9 milhões. Para o advogado do músico, o ex-jogador não aceita discutir o valor porque tornou a questão algo pessoal. Além disso, a defesa do cantor já disse que vai recorrer da decisão. 

"Se o Denilson quisesse, resolvia isso, mas é pessoal. Ele arruma um problema a cada hora. Era só ele aceitar as propostas de negociação desse valor, pois o que ele quer é o dobro. É discrepante querer R$ 9 milhões em um valor de R$ 4,9 milhões", disse Marcelo Passos, advogado de Belo, ao UOL.

A dívida existe desde 2004, quando Belo foi condenado a pagar uma indenização a Denilson. O ex-jogador alegou quebra de contrato após o cantor deixar o grupo de pagode Soweto, que ele gerenciava, e começar carreira solo. 

“Como artista, (o Belo) é um fenômeno. Canta muito, só que não dá. O artista não pode estar separado do pessoal. Ele não é um artista de excelência e tenho meus motivos para falar. Ele tem asteriscos comigo. Ele abriu mão do grupo (Soweto), mas tem uma questão burocrática. Tem um contrato e foi ele quem quebrou esse contrato, ele tem de pagar”, ressaltou o ex-atleta em entrevista para Galvão Bueno.

“Ele não pagou. Fomos para a Justiça e ganhei em todas as instâncias possíveis. Ganhei, é muito simples. Era um valor que ele poderia pagar tranquilamente com a quantidade de shows que faz, mas é mal gerenciado e por isso não estava pagando. A dívida foi acumulando e está em um valor muito alto”.

Em novembro de 2022, a Justiça decidiu em favor Denílson. Essa foi a última decisão do judiciário sobre o caso.

Publicações relacionadas