adblock ativo

Estudante baiana recebe prêmio por projeto de reuso de água

Publicado sexta-feira, 28 de abril de 2017 às 13:41 h | Atualizado em 28/04/2017, 17:07 | Autor: Da Redação
Os estudantes ganharam US$ 10 mil para desenvolverem a ideia
Os estudantes ganharam US$ 10 mil para desenvolverem a ideia -
adblock ativo

A baiana Emanoella Rodrigues, estudante de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), foi uma das vencedoras do "Desafio Água", iniciativa da Companhia de Bebidas das Américas (Ambev) em parceria com a Associação de Estudantes Brasileiros no Exterior (Brasa), que visa premiar projetos de sustentabilidade que envolvam o uso da água. O grupo de Emanoella, Palmas Pra Vida, conquistou o prêmio com um projeto que propõe o reuso de águas cinzas na comunidade de Major Isidoro, em Alagoas.

A ideia é reutilizar as chamadas "águas cinzas", provenientes do uso doméstico, como, por exemplo, o banho ou lavagem de roupas, para a irrigação de plantas que alimentam ao gado leiteiro da cidade, que é a maior produtora da bacia leiteira de Alagoas. O grupo recebeu US$ 10 mil para implementarem o projeto. “Ficamos muito felizes em ver o potencial dos projetos que foram apresentados e em fazer parte disso. Queremos ver as pessoas unidas por um mundo melhor e são atitudes como essa que nos ajudarão a realizarmos esse sonho", contou, em nota, a gerente de sustentabilidade da Ambev e jurada no evento, Carla Crippa.

O anúncio foi feito na Universidade da Pensilvânia (EUA) durante a BrazUSC, maior conferência para alunos brasileiros que estudam no exterior. O evento contou também com palestras de nomes, como, por exemplo, Luíza Trajano, fundadora da Magazine Luíza, Carlos Wizard, fundador da Wizard, e Augusto Nardes, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU).

adblock ativo

Publicações relacionadas