Filipe Ret é conduzido para delegacia após operação policial

Rapper é investigado por tráfico de drogas após polêmica em festa de aniversário

Publicado terça-feira, 19 de julho de 2022 às 12:13 h | Atualizado em 19/07/2022, 12:32 | Autor: Da Redação

Uma operação da Polícia Civil do Rio de Janeiro, batizada de "Open Beck", resultou na condução do rapper Filipe Ret para a sede especializada da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE-RJ) na manhã desta terça-feira, 19.

De acordo com agentes da unidade, o cantor, que estava em um resort de luxo em Angra dos Reis, foi autuado por porte de drogas após ser flagrado com substâncias ilícitas durante o cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão em endereços ligados a ele.

A operação foi deflagrada por conta da suposta distribuição de cigarros de maconha pelo músico durante sua festa de aniversário, no fim do mês de junho. Na ocasião, Ret divulgou que sua comemoração contaria com "open bar de maconha", o que ligou o alerta da DRE para um possível enquadramento de tráfico de drogas.

Em uma das fotos, amplamente divulgada, Ret aparece na festa carregando um balde azul com vários baseados, ou o "Baldin da alegria" como foi denominado em postagem.

Além do resort em Angra, outros quadro endereços em bairros da Zona Sul e uma casa de shows também foram alvos dos mandados expedidos pela juíza juíza Simone de Faria Ferraz, em exercício na 23ª Vara Criminal. A magistrada determinou ainda que fossem recolhidos quaisquer equipamentos eletrônicos, como computadores e celulares, que tenham material relacionado à festa de aniversário de Ret. 

Publicações relacionadas