Justiça condena SBT por piada racista no Programa Silvio Santos

Humorista Alexandre Porpetone fez comentário pejorativo sobre cabelo de jovem da plateia

Publicado quarta-feira, 13 de julho de 2022 às 12:57 h | Atualizado em 13/07/2022, 12:57 | Autor: Da Redação
Intérprete do personagem Cabrito Tevez, Porpetone fez comentário pejorativo sobre o cabelo de mulher na plateia
Intérprete do personagem Cabrito Tevez, Porpetone fez comentário pejorativo sobre o cabelo de mulher na plateia -

O Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) a indenizar em R$ 5 mil uma mulher por danos morais.

Participante da plateia, a mulher, que tinha 18 anos em 2019, foi abordada pelo humorista Alexandre Porpetone no “Jogo dos Pontinhos”, no programa Silvio Santos. Intérprete do personagem Cabrito Tevez, Porpetone fez comentário pejorativo sobre o cabelo da jovem. “A mulher que está com um espanador na cabeça acertou”, disse Porpetone na época.

A jovem, que recorrer após perder o processo em primeira instância, disse que a piada é racista e exigiu indenização de R$ 50 mil, valor dez vezes maior do que o que foi estabelecido pelo TJ-SP, além de pedido de desculpas pública, que não aconteceu. O SBT e o humorista ainda podem recorrer e seus advogados negaram que o caso possa ser classificado como injúria racial.

Publicações relacionadas