Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > BRASIL
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
02/05/2024 às 11:27 - há XX semanas | Autor: Da Redação

BRASIL

Justiça manda soltar sobrinha do Tio Paulo

Mulher virou ré por tentativa de estelionato e vilipêndio de cadáver

Érika estava presa desde 16 de abril
Érika estava presa desde 16 de abril -

A Justiça do Rio de Janeiro mandou soltar Érika Souza, a sobrinha do Tio Paulo, o idoso levado já morto para pegar um empréstimo em um banco. A decisão foi da última quinta-feira, 2, da juíza Luciana Mocco, titular da 2ª Vara Criminal de Bangu, que atendeu a um pedido da defesa da sobrinha e revogou a prisão preventiva. Ela vai responder ao processo em liberdade.

Apesar de ser solta após ser presa no dia 16 de abril, Érika se tornará ré por tentativa de estelionato e vilipêndio de cadáver. Além disso, ela passou a ser investigada, em um outro inquérito, por homicídio culposo – quando não há a intenção de matar. No entanto, nesse crime ainda não há indiciamento pela Polícia Civil.

Leia Mais:

>> Defesa de mulher que levou cadáver a banco diz que idoso "chegou vivo"

>> Antes de aparecer morto em banco, idoso foi sozinho pedir empréstimo

Ajustificativa da juíza pela soltura é que Érika é “acusada primária, com residência fixa, não possuindo, a princípio, periculosidade a prejudicar a instrução criminal ou colocar a ordem pública em risco”.

O Ministério Público do Rio de Janeiro destacou na última terça-feira, 30, que Érika demonstrou "desprezo e desrespeito" pelo idoso ao levá-lo ao banco morto para realizar o saque o dinheiro. Além disso, também se manifestou contrário a um pedido da defesa de Érika de liberdade provisória.

"Não há dúvidas que Érika sabia da morte de Paulo, mas, como era a última chance de retirar o dinheiro do empréstimo, entrou com o cadáver no banco, simulou por vários minutos que ele estava vivo, chegando a fingir dar água, pegou a caneta e segurou com sua mão junto a mão do cadáver de Paulo, contudo, como os funcionários do banco não dispersaram a atenção, não pôde fazer a assinatura", escreveu Fabio Luiz Souza, da 34ª DP (Bangu), delegado responsável pelo caso.

Assuntos relacionados

Érika Souza homicídio culposo Justiça do Rio de Janeiro Ordem Pública tentativa de estelionato vilipêndio de cadáver

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Érika Souza homicídio culposo Justiça do Rio de Janeiro Ordem Pública tentativa de estelionato vilipêndio de cadáver

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Érika Souza homicídio culposo Justiça do Rio de Janeiro Ordem Pública tentativa de estelionato vilipêndio de cadáver

Publicações Relacionadas

A tarde play
Érika estava presa desde 16 de abril
Play

VÍDEO: advogado dá voz de prisão para juíza durante audiência

Érika estava presa desde 16 de abril
Play

Vídeo: Homem tenta fugir e fica preso entre grades de cela

Érika estava presa desde 16 de abril
Play

Chocante: homem atropela amigo duas vezes e foge! Veja o vídeo

Érika estava presa desde 16 de abril
Play

Cervo solto causa confusão em cidade gaúcha e derruba pedestre; VÍDEO

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA