Laudo aponta transtorno bipolar em mulher flagrada por personal

Mulher está internada há cerca de 20 dias, quando o flagrante aconteceu

Publicado terça-feira, 29 de março de 2022 às 16:39 h | Atualizado em 29/03/2022, 16:49 | Autor: Da Redação
Laudo aponta ainda que a mulher vem apresentando "alucinações auditivas"
Laudo aponta ainda que a mulher vem apresentando "alucinações auditivas" -

A mulher flagrada pelo esposo, o personal trainer Eduardo Alves de Sousa, com o morador de rua Givaldo Alves, demonstra sinais de transtorno afetivo bipolar em fase maníaca psicótica.

A conclusão é de médicos do Hospital Universitário de Brasília. O documento foi obtido pelo jornal O Globo e divulgado nesta terça-feira, 29. A mulher está internada há cerca de 20 dias, quando o flagrante aconteceu.

Desde o episódio, Eduardo afirmou que a esposa estava sendo abusada. Ela chegou a negar e disse que a relação era consensual. A mesma versão foi defendida por Givaldo, em suas diversas entrevistas.

O laudo aponta ainda que a mulher vem apresentando "alucinações auditivas", "delírios grandiosos e de temática religiosa", "hipertimia" (alteração de humor) e "comportamentos desorganizados e por vezes inadequados".

O documento diz ainda que ela demonstra tendência a "gastos excessivos, goação de seus pertences, resistência em se vestir e hiper-religiosidade".

Segundo Auricelia Vieira de Souza, advogada do casal, o personal não sabia dos problemas de saúde da esposa e só teve conhecimento durante o episódio. Somente no flagrante Eduardo percebeu que a mulher não apresentava pensamento organizado ao vê-la com o morador de rua.

Publicações relacionadas