Morre aos 94 anos a professora e economista Maria da Conceição Tavares | A TARDE
Atarde > Brasil

Morre aos 94 anos a professora e economista Maria da Conceição Tavares

Causa da morte não foi divulgada

Publicado sábado, 08 de junho de 2024 às 12:47 h | Atualizado em 08/06/2024, 12:51 | Autor: Da Redação
Maria em entrevista ao 'Roda Viva' em 1995
Maria em entrevista ao 'Roda Viva' em 1995 -

Morreu na manhã deste sábado, 8, a economista e ex-deputada federal Maria da Conceição Tavares. Nascida em Portugal, ela naturalizou-se brasileira e vivia em Nova Friburgo, Região Serrana do Rio de Janeiro, onde faleceu aos 94 anos.

Como professora, Tavares deu aula no Instituto de Economia da UFRJ e no Instituto de Economia da Universidade de Campinas (Unicamp). Seu mandato como deputada federal foi entre os anos 1995 e 1999 sob a sigla do Partido dos Trabalhadores (PT), de onde era conselheira.

Amigos da professora disseram ao g1 que Maria "convivia com as vulnerabilidades da idade". A causa oficial da morte, entretanto, não foi divulgada.

Ícone
Nascida em Aveiro, Maria tornou-se no Brasil uma das principais referências do pensamento desenvolvimentista. Em 1998, venceu o Prêmio Jabuti na categoria Economia por sua significativa contribuição ao pensamento econômico no Brasil.

Em 2012, ganhou o Prêmio Almirante Álvaro Alberto para Ciência e Tecnologia de 2011 da então Presidente Dilma Roussef.

Além disso, era defensora ferrenha do desenvolvimento com justiça social.

"Uma economia que diz que precisa primeiro estabilizar, depois crescer, depois distribuir, é uma falácia, e tem sido uma falácia. Nem estabiliza, cresce aos solavancos e não distribui. E esta é a história da economia brasileira, desde a pós guerra", disse ela em entrevista ao 'Roda Viva', da TV Cultura, em 1995.

Despedida
Em texto publicado nas redes sociais, o presidente Lula (PT) exaltou a trajetória da professora.

"Maria da Conceição de Almeida Tavares foi professora, deputada federal pelo Partido dos Trabalhadores, economista e matemática, uma das maiores da nossa história. Nascida em Portugal, adotou o Brasil e nosso povo com o seu coração e paixão pelo debate público e pelas causas populares. Foi uma economista que nunca esqueceu a política e a defesa de um desenvolvimento econômico com justiça social. Formou gerações de economistas na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Trabalhou no BNDES, em projetos importantes para a industrialização do nosso país e com a CEPAL em defesa do desenvolvimento da América Latina. Escreveu centenas de artigos e muitos livros. Até hoje suas aulas são consultadas pelos jovens em vídeos na internet, pela sua fala sempre franca e direta. Tive o prazer e a honra de conviver e conversar muito com minha amiga ao longo dos anos, debatendo o Brasil e os nossos desafios sociais e econômicos no Instituto Cidadania, em conversas no Rio de Janeiro ou em viagens pelo Brasil. Nesse momento de despedida, meus sentimentos aos familiares, em especial aos filhos, aos muitos amigos, alunos e admiradores de Maria da Conceição Tavares."

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS