Operação no Rio Madeira apreende 31 balsas de garimpo ilegal

Publicado sábado, 27 de novembro de 2021 às 18:31 h | Atualizado em 27/11/2021, 18:35 | Autor: Da Redação

As ações federais de repreensão ao garimpo ilegal ao longo do Rio Madeira, no Estado do Amazonas, começaram na madrugada deste sábado, 27, informou o jornal Estado de S. Paulo. Pelo menos 31 balsas já foram apreendidas pela Operação Uiara, que reúne agentes da Polícia Federal, Ibama, Marinha e Aeronáutica. Parte dos equipamentos estão sendo queimados pelos agentes.

A apreensão ocorreu nas águas do Madeira que cortam o município de Nova Olinda do Norte. Aglomeradas há mais de uma semana na região de Autazes, município que fica a 230 quilômetros de barco de Manaus, em viagem pelos rios Amazonas e Madeira, mais de 300 balsas se dispersaram ontem, após informações de que haveria, de fato, uma operação federal de grande porte. O deslocamento dessas balsas, porém, é lento.

Na tentativa de escapar da fiscalização, é comum a situação em que o garimpeiro recolhe a balsa para uma margem, retira o maquinário que puder e abandona a balsa. Em outros casos, tenta esconder o equipamento em pequenos afluentes do rio.

A operação dos órgãos federais reúne agentes do Paraná, Brasília, Amazonas, Paraíba e Pará.

Publicações relacionadas