PF altera comando de diretoria que investiga Bolsonaro

Mudança acontece na Diretoria de Combate ao Crime Organizado e à Corrupção

Publicado quinta-feira, 17 de março de 2022 às 08:40 h | Atualizado em 17/03/2022, 08:40 | Autor: Da Redação
o delegado Luiz Flávio Zampronha deixa o comando após 11 meses no cargo
o delegado Luiz Flávio Zampronha deixa o comando após 11 meses no cargo -

O novo diretor-geral da Polícia Federal, Marcio Nunes, que assumiu o cargo há duas semanas, decidiu mudar o comando da Diretoria de Combate ao Crime Organizado e à Corrupção da PF. A diretoria é responsvál por tocar inquéritos que envolvem o presidente Jair Bolsonaro (PL) e outros políticos. As informações são da coluna de Lauro Jardim, no O Globo. 

Titular do comando da diretoria há 11 meses, o delegado Luiz Flávio Zampronha será substituído por Caio Pellim, que desde o ano passado era o superintendente regional da Polícia Federal no Ceará.

Com isso, a responsabilidade de tocar inquéritos que envolvem o presidente Jair Bolsonaro, como as acusações feitas por Sergio Moro a respeito de interferência do presidente no comando da PF, fica sob a responsabilidade de Caio Pellim. 

Publicações relacionadas