Reservatórios de hidrelétricas devem alcançar menor nível mensal em 20 anos

Publicado domingo, 20 de junho de 2021 às 11:26 h | Atualizado em 20/06/2021, 11:35 | Autor: Da Redação

Os reservatórios do Sudeste e do Centro-Oeste, que são responsáveis por mais de 2/3 de toda a energia produzida no Brasil, devem chegar a novembro com 10,3% da capacidade, caso siga o plano de ações elaborado pelo governo federal e por órgãos do setor. Este seria o menor nível mensal registrado em 20 anos.

A informação foi divulgada pelo diretor-geral do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), Luiz Carlos Ciocchi, em audiência pública na Câmara dos Deputados.

“A gente consegue chegar a 10,3%, o que ainda é um nível [de armazenamento] preocupante”, disse o diretor-geral aos congressistas nesta semana. Completou: “Mas nós não teremos nenhum problema de energia ou de potência ao final de novembro de 2021”.

Os reservatórios das duas regiões, Sudeste e Centro-Oeste operam atualmente com 30,15% da capacidade.

Em nota divulgada em 4 de junho, o ONS afirmou que o país passa pela pior crise hidrológica desde 1930 e que nos últimos 7 anos os reservatórios das hidrelétricas receberam um volume de água inferior à média histórica.

“É neste contexto que todos os esforços estão sendo envidados, com transparência e informação à população, para que o país atravesse a crise hídrica sem problemas no fornecimento de energia, que como dito anteriormente, está garantido este ano”, disse o órgão.

Publicações relacionadas