Rio de Janeiro adia desfiles das escolas de samba para abril

Decisão ocorreu devido ao aumento de casos de Covid-19 na cidade

Publicado sexta-feira, 21 de janeiro de 2022 às 20:49 h | Atualizado em 21/01/2022, 20:49 | Autor: AFP

Os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro e de São Paulo, programados para o final de fevereiro, foram adiados para abril devido à nova onda de infecções por Covid-19 no país, informaram as autoridades nesta sexta-feira, 21.

Em nota conjunta, as prefeituras de Rio e São Paulo anunciaram que, "sob a orientação de seus secretários de Saúde, optaram por adiar a realização dos desfiles das Escolas de Samba para o fim de semana do feriado de Tiradentes", em abril, "em respeito ao atual quadro da pandemia de Covid-19 no Brasil e a necessidade de, neste momento, preservar vidas".

A decisão de adiar os famosos desfiles no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro, que atraem turistas de todo o Brasil e do mundo, e de São Paulo foi anunciada após uma reunião virtual entre os prefeitos, seus secretários de Saúde e os representantes das escolas de samba dos dois estados.

Em meio a um avanço da variante ômicron e após os feriados de fim de ano, o Brasil bateu seu recorde diário de infecções nesta semana, com 204.854 casos registrados em um único dia, e já tem mais de 622 mil mortes pelo coronavírus.

O Carnaval de rua nas duas principais cidades do Brasil já havia sido cancelado no início do mês devido à situação sanitária, e no momento não há nova data prevista

 O Brasil vacinou quase 70% de seus 213 milhões de habitantes com duas doses anticovid.

Publicações relacionadas