Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > BRASIL
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
23/10/2023 às 19:16 • Atualizada em 23/10/2023 às 19:42 - há XX semanas | Autor: Da Redação

Senacon notifica RaiaDrogasil sobre uso indevido de dados pessoais

O grupo, segundo reportagem do UOL, coletava os dados para comercializar para anunciantes

Grupo coletava informações sem o consentimento dos clientes, de forma inadequada
Grupo coletava informações sem o consentimento dos clientes, de forma inadequada -

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) notificou a empresa RaiaDrogasil para prestar esclarecimentos pelo uso indevido de dados pessoais sensíveis dos consumidores, relacionados à saúde.

A notificação acontece após uma matéria do portal UOL apontar que empresas do Grupo RaiaDrogasil coletavam informações sem o consentimento dos clientes, de forma inadequada, e comercializando as informações para anunciantes.

Segundo a reportagem, uma empresa do grupo, a RD Ads, estaria realizando publicidade direcionada a determinados perfis de consumidores com base nos dados indevidamente coletados e classificados, entre outras operações de tratamento. As informações eram compartilhadas também para terceiros.

Diante das alegações, a Senacon iniciou uma investigação para apurar a veracidade das acusações e avaliar se a empresa RaiaDrogasil está em conformidade com as leis de proteção de dados e os direitos do consumidor. De acordo com a pasta, o tratamento inadequado dessas informações pode ter sérias implicações para a privacidade e a segurança dos consumidores.

“A legislação brasileira estabelece diretrizes claras para a proteção de dados pessoais sensíveis, com base na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). É fundamental que as empresas cumpram rigorosamente essas regulamentações, garantindo que o consentimento dos consumidores e consumidoras seja obtido de forma transparente e que os dados sejam tratados de acordo com as finalidades informadas”, afirma o secretário Nacional do Consumidor, Wadih Damous.

A empresa terá um prazo de 10 dias, a contar da ciência da notificação, para esclarecer, entre outros pontos, quais os procedimentos utilizados para coleta de dados pessoais de consumidores, como ocorre o consentimento para essa coleta e se os consumidores são devidamente informados previamente à coleta de seus dados sobre como o tratamento se realiza, conforme as exigências legais.

Assuntos relacionados

dados pessoais notificação RaiaDrogasil Senacon

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

dados pessoais notificação RaiaDrogasil Senacon

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

dados pessoais notificação RaiaDrogasil Senacon

Publicações Relacionadas

A tarde play
Grupo coletava informações sem o consentimento dos clientes, de forma inadequada
Play

VÍDEO: Homem atira contra casal em carro em rodovia de SP

Grupo coletava informações sem o consentimento dos clientes, de forma inadequada
Play

Pai é preso após ser filmado abusando da filha internada na UTI

Grupo coletava informações sem o consentimento dos clientes, de forma inadequada
Play

Mulher grávida 'invade' Câmara e exige que vereador reconheça filho

Grupo coletava informações sem o consentimento dos clientes, de forma inadequada
Play

Avião cai em região de mata e deixa duas pessoas mortas; assista

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA