Toffoli barra apreensão de livros na Bienal do Rio

Publicado domingo, 08 de setembro de 2019 às 13:48 h | Atualizado em 08/09/2019, 14:41 | Autor: Luiz Vassalo | Estadão Conteúdo | Foto: Carlos Moura | STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, voltou a barrar a apreensão de livros de temática LGBT+, promovida pela gestão do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), na Bienal do Livro.

A decisão de Toffoli suspende despacho do presidente do Tribunal de Justiça, Cláudio de Mello Tavares, que havia voltado a autorizar a ação de fiscais da prefeitura no evento.

Publicações relacionadas