Veja vídeo: Prefeito defende castração de mulheres | A TARDE
Atarde > Brasil

Veja vídeo: Prefeito defende castração de mulheres

Declaração de Mário Esteves (PROS) ocorreu durante inauguração de uma estrada em Barra do Piraí (RJ)

Publicado sábado, 16 de setembro de 2023 às 16:45 h | Autor: Da Redação
Prefeito de Barra do Piraí (RJ), Mário Esteves (PROS), sugeriu castração de mulheres para controle da pouplação.
Prefeito de Barra do Piraí (RJ), Mário Esteves (PROS), sugeriu castração de mulheres para controle da pouplação. -

Uma declaração polêmica provocou diversas reações na cidade de Barra do Piraí, interior do Rio de Janeiro. O prefeito Mário Esteves (PROS) defendeu que as mulheres da cidade deveriam ser castradas. O motivo seria a grande demanda por creches no município. O vídeo, gravado na quinta-feira, 14, durante a inauguração de uma estrada, foi publicado nas redes sociais na sexta-feira, 15.

"O que não falta em Barra do Piraí é criança. Cadê o Dione [secretário de Saúde]? Tem que começar a castrar essas meninas. Controlar essa população. É muito filho, cara", diz Mário Esteves. O prefeito chegou a sugerir que a Câmara da cidade aprovasse uma lei para limitar a quantidade de filhos por mulher na cidade.

"É no máximo dois. Tem que fazer uma lei lá na Câmara. Haja creche para ser construída ao longo dos próximos anos. Tem que ter um projeto federal, estadual e municipal, porque precisa sim desse controle. É muita responsabilidade colocar filho no mundo", discursou ele.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Barra do Piraí pontuou que "a fala é típica de ato de misoginia e, mais uma vez, demonstra o total desrespeito do prefeito com as mulheres". Em nota, Mário Esteves disse que foi "um momento de descontração na inauguração de uma importante via de escoamento de produção e de desenvolvimento na cidade" e que "qualquer ilação com esse assunto mostra desconhecimento político".

Também por meio de nota, a Câmara Municipal de Barra do Piraí afirmou que a intenção do prefeito não foi dizer que as mulheres deveriam ser castradas e que "as palavras podem ser mal interpretadas e é importante considerar o contexto completo das declarações".

Veja vídeo:

 

 

Publicações relacionadas