Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > BRASIL
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
12/08/2021 às 14:47 • Atualizada em 12/08/2021 às 15:13 - há XX semanas | Autor: Da Redação

BRASIL

XII Congresso Nacional das Trabalhadoras Domésticas debate pandemia e trabalho análogo à escravidão

Divulgação
Divulgação -

Com o tema “Trabalhadoras Domésticas em Movimento-Luta e Resistência em Contexto de Pandemia e Trabalho Escravo” e uma programação diversa, o XII Congresso Nacional das Trabalhadoras Domésticas tem início nesta quinta-fera, 12, e se estende até o próximo domingo, 15.

Pela primeira vez, em razão da pandemia, o congresso acontece de forma virtual. A entidade é filiada à Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços (Contracs) e à Central Única dos Trabalhadores (CUT), com e conta com o apoio do Conselho Nacional dos Trabalhadores Domésticos (CNTD).

Nesta quinta-feira, 12, o evento começou às 9h30 com abertura feita pela presidenta da entidade, Luiza Batista, e demais representantes da CUT, Constracs e outras entidades.. A moderadora é Jana Silverman e a tradução fica por conta de Louisa Acciari.

“A nossa luta não tem sido fácil. Desde 2020, o mundo está enfrentando uma pandemia e a nossa categoria tem sido muito afetada na saúde, com perda de vidas, e também de empregos", destacou a presidente da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad)

"Dentro deste contexto, estamos realizando o nosso Congresso, com o apoio de parceiros, para nortear os nossos trabalhos e a luta pela ampliação dos direitos da categoria", acrescentou.

No segundo dia do Congresso, os diretores farão um balanço das atividades e planejamento. Pela tarde ocorrerão os Grupos de Trabalho (GTs). Além disso, será lançado o livro “Sindicatos das Trabalhadoras Domésticas em Tempos de pandemia: memória da Resistência”. O Congresso contará ainda com momentos artísticos com as apresentações de poesias e música ao vivo.

No dia 13 de agosto, os Grupos de Trabalho vão discutir questões relativas à categoria das trabalhadoras domésticas, como os temas ligados saúde; violência e assédio; direitos trabalhistas e políticas públicas e trabalho análogo à escravidão.

Já no dia 14, ocorrerá a elaboração do Plano de Luta. O desfecho acontece no dia 15 com a eleição da direção nacional da Fenatrad e CNTD.

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Publicações Relacionadas

A tarde play
Divulgação
Play

Pastor diz que autismo é "diabo visitando ventre das desprotegidas"

Divulgação
Play

Saiba quem é o homem que destruiu carros com retroescavadeira

Divulgação
Play

VÍDEO: advogado dá voz de prisão para juíza durante audiência

Divulgação
Play

Vídeo: Homem tenta fugir e fica preso entre grades de cela

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA