Fala Povo: leitores reprovam indicação de Regina Duarte para Secretaria da Cultura

Publicado terça-feira, 21 de janeiro de 2020 às 21:19 h | Atualizado em 21/01/2020, 21:21 | Autor: Bianca Carneiro

Apesar da sua vasta atuação na TV e no cinema, a decisão de Jair Bolsonaro de indicar a atriz Regina Duarte, considerada uma das mais talentosas do País, para a Secretaria da Cultura foi reprovada por leitores durante levantamento realizado pelo Portal A TARDE nesta terça-feira, 21.

Em pesquisa realizada nas ruas da capital baiana, a maior parte dos entrevistados se dividiu entre “não tenho opinião formada” e “não concordo com a indicação”, com cinco votos cada. Dos 12 depoimentos coletados, apenas duas pessoas afirmaram que Regina foi uma escolha acertada para a pasta, que pertencia a Roberto Alvim, exonerado do cargo na última sexta, 17.

Uma delas foi a técnica em segurança do trabalho, Juliana Vilar, de 35 anos. Apesar de estranhar o posicionamento favorável de Regina ao governo Bolsonaro, ela diz que a atriz pode fazer um bom trabalho. “Achei estranho ela aceitar a proposta dele, já que durante a campanha muitos outros atores da Globo (emissora para a qual Regina ainda trabalha) se pronunciaram contra Bolsonaro. Porém, acho que é um ótimo nome, pois ela já é do meio”, disse.

Imagem ilustrativa da imagem Fala Povo: leitores reprovam indicação de Regina Duarte para Secretaria da Cultura
O recepcionista Gilvan Mendes, 33, é um dos que discordaram com a indicação de Regina | Foto: Bianca Carneiro | Ag. A TARDE

Das ruas para as redes

Em enquete realizada pelos 'stories' no perfil do Instagram do Grupo A TARDE, os internautas não consideraram o nome da atriz com uma boa opção para a pasta. Até as 21h, 30 haviam votado contra a indicação de Regina. Apenas 11 votaram a favor.

Imagem ilustrativa da imagem Fala Povo: leitores reprovam indicação de Regina Duarte para Secretaria da Cultura
Maioria dos internautas reprovou a escolha da atriz no perfil do Instagram do Grupo A TARDE | Foto: Reprodução | Instagram

“Acho que o principal questionamento é sobre o porquê dela (Regina) estar lá, o real motivo. Será que é porque ela é boa mesmo para o cargo ou só porque apoia ele (Bolsonaro)? Acho que teriam pessoas mais qualificadas que ela, a questão é que só está lá quem é a favor do governo dele, das ideias dele, e não necessariamente por competência”, questionou a estudante da Ufba, Thaiane Oliveira, 25.

Entre as pessoas que não souberam dizer se concordam ou não com a indicação, a gerente Taiane,  27, preferiu ponderar. “É difícil dizer se acho ruim, pois artistas também tem conhecimento. É estranho, porque nunca ouvi falar de Regina Duarte envolvida com esse tipo de trabalho político. Estar a frente de um ministério é muita coisa, caso ela realmente vá, só podemos desejar que ela faça uma boa gestão”, opinou. 

Imagem ilustrativa da imagem Fala Povo: leitores reprovam indicação de Regina Duarte para Secretaria da Cultura
As gerentes Taiane (à esq.) e Gessica tiveram opiniões diferentes. Enquanto Taiane não se posicionou, Gessica discordou de Regina na pasta | Foto: Bianca Carneiro | Ag. A TARDE

Impasse

Regina Duarte ainda não aceitou oficialmente o cargo, porém, nas redes sociais, ela deu a entender que irá assumir o desafio. Nesta quarta, 22, atriz irá pessoalmente a Brasília conhecer a estrutura da Secretaria da Cultura e passar por um período de testes. No seu Instagram, a atriz brincou com a situação e disse que aceitou um "período de noivado" com o governo Bolsonaro.


A escolha de Regina desagradou alguns apoiadores do presidente, entre eles um dos filhos, o vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (PSC). Segundo informações da Veja, o político disse que o pai deveria ter escolhido um perfil mais identificado com a causa bolsonarista. A irritação dele teria sido testemunhada por pessoas que estavam no gabinete do irmão dele, o senador Flavio Bolsonaro (sem partido-RJ). Porém, mesmo contra a vontade Carlos, o presidente manteve o convite à atriz.

Nas redes sociais, o jornalista William Bonner acabou virando meme após ler um comunicado da Rede Globo, durante a apresentação do Jornal Nacional da segunda, 20, - da qual Regina ainda é funcionária - que dizia que a atriz deveria rescindir o contrato com a emissora caso aceitasse o cargo de Secretária da Cultura.

"A atriz Regina Duarte tem contrato vigente com a Globo e sabe que, se optar por assumir cargo público, deve pedir a suspensão de seu vínculo com a emissora, como impõe a nossa política interna de conhecimento de todos os colaboradores.", informou o departamento de Comunicação da Globo.


*Sob a supervisão do editor Nelson Luis

Publicações relacionadas