Metrô: 10 anos de bons serviços | A TARDE
Atarde > Colunistas > Artigos

Metrô: 10 anos de bons serviços

Hoje o metrô possui 2 linhas com 38 km, 22 estações, 9 terminais de integração, 40 trens e sistema moderno

Publicado terça-feira, 11 de junho de 2024 às 07:52 h | Autor: José Eduardo Ribeiro Copello*
A expectativa para crescimento dos trilhos continua
A expectativa para crescimento dos trilhos continua -

Neste 11 de junho, o Metrô da Bahia comemora 10 anos da sua inauguração. Os mais jovens, especialmente aqueles que hoje contam com menos de 25 anos de idade, talvez não recordem como era o transporte público da capital, antes do metrô. Os que usavam, certamente não sentem saudades! Tampouco devem se recordar das “inacabáveis” e desacreditadas obras do metrô iniciadas em 1999 e alvo de críticas até 2012, quando o Convênio firmado entre o Estado e prefeituras de Salvador e Lauro de Freitas, estabeleceu uma “virada de chave”, ao projetar um Sistema Estruturante de mobilidade urbana com alcance metropolitano e possibilitar a passagem da responsabilidade do metrô para a governança do Estado da Bahia, em 2013.

Através de um modelo inovador foi implantada a primeira Parceria Público Privada-PPP integral no setor de mobilidade urbana do Brasil, incluindo projeto, construção, operação e manutenção. Nestes 10 anos, a parceria entre Estado e concessionária CCR superou desafios. Os 6 km iniciais entre as Estações Acesso Norte e Lapa foram ampliados e hoje o metrô possui 2 linhas com 38 km, 22 estações, 9 terminais de integração, 40 trens e um dos mais modernos sistemas operacionais do mundo. Esta modelagem tem sido referenciada no setor de infraestrutura do Brasil e exterior, pela performance alcançada.

A expectativa para crescimento dos trilhos continua! O Estado anunciou a expansão sul da linha 1 do metrô, para a adensada região do Campo Grande, a aquisição de 8 novos trens e a implantação do VLT, também chamado de “metrô leve”, modal com amplo sucesso em países desenvolvidos. Além de atender ao subúrbio de Salvador, outrora servido pelo antigo trem, o novo VLT de 36 km, integrará com o metrô nas estações Águas Claras e Bairro da Paz, alcançando a orla atlântica em Piatã. Nestas áreas, a implantação do transporte sobre trilhos certamente impulsionará a requalificação dos espaços urbanos. Estes investimentos vão delineando uma robusta rede integrada de Mobilidade Sobre Trilhos, a beneficiar os que usam o transporte público.

Ao completar 10 anos de metrô, a população pode se orgulhar em possuir um dos mais modernos Sistemas de Transporte Público do país. Além da geração de empregos e renda, o cidadão ganhou rapidez e previsibilidade no transporte. O metrô da Bahia é seguro e não emite gases para o ambiente, destacando-se pelos altos índices nas pesquisas de satisfação. Desde a primeira viagem, já são mais de 600 milhões de acessos. Se você ainda não é um desses passageiros, vá experimentar!

* José Eduardo Ribeiro Copello é Vice-Presidente de Desenvolvimento da ANPTrilhos – Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS