adblock ativo

Meu companheiro de jornada

Publicado às | Atualizado em 14/10/2021, 21:43 | Autor: Inaldo da Paixão Santos Araújo* | [email protected]
adblock ativo

Ele há muito faz parte da minha vida. Revivo, meu pai, “Seo” Paixão, apresentando-me às suas folhas, devidamente grampeadas, com o noticiário de todos os dias, fazendo-me adquirir o bom hábito de estar bem informado sobre os acontecimentos de Salvador, da Bahia e do mundo. Desde então faço questão de manter o compromisso diário com este meu companheiro de jornada, seja por meio do impresso ou, quando acontece estar em viagem, por meio do espaço digital.

Portanto, neste 109º aniversário de A TARDE, considero-me próximo o bastante para cumprimentar cada um dos que labutam diuturnamente para manter de pé o sonho do pioneiro Ernesto Simões, um cachoeirano que teve a audácia de, com apenas 26 anos de idade, criar um jornal diário na capital da Bahia, depois de algumas experiências com publicações caseiras e de viés amadorístico. O que era um sonho, além de se tornar realidade, ultrapassou as expectativas, cresceu, tornou-se o veículo de comunicação mais importante do estado e hoje se constitui num grupo que ainda influencia as opiniões e a vida de milhões de baianos.

Graças à marca da coragem do seu fundador, A TARDE tem protagonizado campanhas memoráveis em defesa dos interesses da comunidade baiana, desde seus primórdios, a exemplo de ações para redução de preço de produtos alimentícios, em favor do voto feminino e a inesquecível “A Bahia não se divide”, durante a Assembleia Constituinte (1987/1988). Tais campanhas serviram para enraizar A TARDE no imaginário do povo baiano como um defensor dos seus interesses. Afinal, "Saiu no A TARDE é verdade!".

Muito me honra fazer parte da história deste grupo, de valor reconhecido no Brasil e no mundo, por meio da qualidade dos seus profissionais, como comprovam premiações conquistadas por seus chargistas e ilustradores em concursos de alcance mundial. E, mais honra tenho pelo fato de integrar o privilegiado grupo de seus colaboradores, encontrando espaço para expor minhas ideias, defender posições ou mesmo comentar acontecimentos e fatos que julgo importantes, do meu ponto de vista.

Por tudo o que este grupo de comunicação representa para os baianos em pleno Século XXI, com um jornal que carrega consigo a legenda de ser um dos mais antigos do Brasil em atividade, sempre evoluindo em tecnologia e espírito, apoiado que é por outros veículos de mídia digital e radiofônica, além de um jornal de linguagem mais popular, este grupo merece todos os parabéns ao cumprir 109 anos de existência.

E mais parabéns ainda merecem a Bahia e todos nós, leitores, pelo privilégio de termos, diariamente, acesso a informações de qualidade e com credibilidade. Espero em Deus que tenhamos pela frente muitos anos de vida e de sucesso para o Grupo A TARDE e para todos os seus colaboradores.

Inaldo da Paixão Santos Araújo, é Mestre em Contabilidade, conselheiro-corregedor do Tribunal de Contas do Estado da Bahia, professor da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), escritor

adblock ativo

Publicações relacionadas