38 jovens de 19 países encantados com o Brasil

Esses jovens voltam para seus países levando dentro de suas consciências a importância estratégica do Brasil

Publicado domingo, 24 de abril de 2022 às 18:29 h | Atualizado em 24/04/2022, 18:32 | Autor: José Luiz Tejon
Jovens de outros países vão visitar o Agrishow em Ribeirão Preto
Jovens de outros países vão visitar o Agrishow em Ribeirão Preto -

A imagem brasileira no mundo precisa ser trabalhada e orquestrada de jovens para jovens. O intercâmbio educacional e cultural é o que mais bem fará para incrementar o valor percebido do agronegócio tropical brasileiro no planeta. E como conhecemos muito bem a fórmula estratégica da comunicação, sabemos que o seu poder está na credibilidade de “quem é o emissor da mensagem“. Mensagem verdadeira com emissor não confiável, não importa a mídia, a rede social, e a verdade científica do seu conteúdo, não vale nada. E muito ao contrário pode atiçar ainda muito mais os “detratores“ daquele tema. Por isso precisamos atrair para o país a juventude do mundo todo. E ao mesmo tempo levarmos nossos jovens para programas internacionais onde eles convivam com a juventude planetária.

Neste exato momento chegaram ao Brasil 38 jovens de 19 países diferentes que estão cursando um Master Science na França, da Audencia Business School de Nantes, onde existe um módulo brasileiro com a FECAP de São Paulo. Aqui essa juventude tem aulas com pesquisadores, executivos, professores especialistas no nosso agro. Visitas a campo, a empresas e a eventos ocorrem, como nesta semana estarão visitando a Agrishow em Ribeirão Preto uma das maiores feiras de inovação tecnológica do mundo. 

Observo que aquilo que procuramos apenas dizer a distância, nas informações das aulas, e mesmo nas redes, quando esses alunos chegam e tocam com seus sentidos as nossas realidades ficam encantados. E ouvimos deles quando vão embora a seguinte expressão: “o Brasil não merece a imagem que tem, vocês são muito melhores do que são percebidos no mundo“. 

Esses jovens voltam para seus países levando dentro de suas consciências a importância estratégica do Brasil para o mundo e para os seus países, seja como potência agroalimentar, energética, ambiental, ou mesmo para programas de parcerias científicas.

Agora precisamos de alunos do Brasil, da juventude brasileira, juntos com esses jovens do mundo inteiro. O futuro pertence aos jovens e o agronegócio do Brasil e sua comunicação será cada vez mais um negócio “de jovem para jovem”. 

Vamos dar voz aos jovens, reunindo brasileiros com estrangeiros. ([email protected])

Publicações relacionadas