Sete virtudes das mulheres no agro

Publicado segunda-feira, 06 de setembro de 2021 às 06:00 h | Atualizado em 05/09/2021, 19:00 | Autor: José Luiz Tejon

Após cinco anos do Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio – CNMA; com cerca de 7500 presenças, e pesquisas realizadas sobre o perfil e o protagonismo das mulheres nesse complexo agropecuário, industrial, comercial e de serviços, apresento um estudo onde identificamos as “Sete virtudes capitais das mulheres agro CNMA”.

1ª Liderança – as mulheres se caracterizam por compreenderem o sentido da visão de cadeia do agronegócio. As interdependências vitais. São associativistas e cooperativistas. O termo ESG tem forte aderência ao gênero.

2ª Resiliência – aí está uma característica fortíssima e predominante nas mulheres do agro. 61,1% (pesquisas Fran6 e Ipeso) afirmam não sentirem problemas para comandar. E 88% amam se sentirem independentes financeiramente.

3ª Velocidade – esta característica é fulminante no perfil das mulheres agro. Não gostam de perder tempo. Buscam as transformações digitais. Podemos dizer que são “aceleradoras da inovação“.

4ª Comunicação – as mulheres dominam os mundos das redes no agro, criam núcleos e grupos e interagem com todas as demais mídias. São autênticas “influencers”, onde quer que estejam.

5ª Empreendedorismo – a mulher agro CNMA se sente e se define como preparada, conectada e inspirada para resultados positivos na atividade agro empresarial. Revelam preocupações em além de serem produtoras, atuarem como “vendedoras“ de produtos agropecuários e cuidarem da imagem do setor perante a sociedade brasileira e o mundo.

6ª Afetividade – mulheres compreendem como ninguém o poder afetivo. O carisma. A conquista de mentes a partir do coração. Atuam com um senso forte de amor, ao solo, animais, plantas, meio ambiente, água, e cuidados com seus recursos humanos.

7ª Responsabilidade – este aspecto é um valor fundamental que encontramos na característica virtuosa das mulheres agro CNMA. Sucessão e governança são palavras e preocupações presentes no perfil. Nos painéis “Minha Voz no Agro”, ouvimos declarações plenas de amor com relação ao trabalho que produz alimentos, vida e saúde para todos. Mulheres na pesquisa, nas agroindústrias, tradings, insumos, bancos, supermercados, cooperativas, distribuição, integrações, na operação de máquinas, logística e também nos caminhões. A responsabilidade rima diretamente com liberdade. A conjunção desses dois valores explica o primeiro item das sete virtudes: liderança.

Neste ano, 25, 26 e 27 de outubro, teremos o VI CNMA.

Publicações relacionadas