Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > colunistas > DE OLHO NA SAÚDE
COLUNA

De Olho na Saúde

Por Elane Varjão

ACERVO DA COLUNA
Publicado Sunday, 29 de October de 2023 às 6:00 h • Atualizada em 29/10/2023 às 9:49 | Autor:

Centro de Hemorragia Digestiva do Roberto Santos completou 43 anos

Confira a coluna De Olho na Saúde deste domingo, 29

Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
Coordenador do CDH, Marcos Clarêncio, e subsecretário da Saúde do Estado, Paulo Barbosa
Coordenador do CDH, Marcos Clarêncio, e subsecretário da Saúde do Estado, Paulo Barbosa -

No último dia 20, o Centro de Hemorragia Digestiva do Hospital Geral Roberto Santos comemorou seus 43 anos, sendo uma unidade de referência no Estado para o tratamento das doenças gastrointestinais.

Tudo começou em 1980, com o Serviço de Endoscopia Digestiva, fundado pelo médico Ilgemar Paes, e que entrou no cenário nacional como uma unidade com grande experiência em hemorragia digestiva por ruptura de varizes de esôfago e com a expertise em seu tratamento.

Com a evolução do serviço, foi implantado na unidade o exame de colonoscopia e hoje é um centro que oferece diversos exames, dentre eles: endoscopia, colonoscopia, CPRE, PHmetria, manometria de esôfago, manometria anorretal.

Para o subsecretário da Saúde do Estado, Paulo Barbosa, “é muito bom ver o crescimento de um serviço público de saúde como este do Roberto Santos, que oferta serviço de qualidade à população”.

O atual coordenador do CHD é o gastroenterologista e especialista em endoscopia Marcos Clarêncio que ressaltou: “somente neste ano, de janeiro a setembro, foram realizados cerca de 14 mil exames, incluindo, dentre outros, endoscopia, colonoscopia, CPRE, PHmetria, manometria de esôfago, manometria anorretal”

“Aqui é um dos principais serviços públicos de tratamento endoscópico do país, além de ser um centro de treinamento”, ressaltou Clarêncio.

Destaques

Harmonização Facial

O especialista em Harmonização Facial, cirurgião dentista Rafael Freitas, vem apostando cada vez mais em novos procedimentos quando o quesito é apresentar uma beleza super natural e jovial aos seus pacientes. “Todo mundo sabe que foi feito algo, mas o resultado é sutil e imperceptível, afinal, na estética, menos é mais", pontua ele. O Instituto Rafael Freitas está em franca expansão e já atende em cidades como Feira de Santana e Florianópolis. Freitas também se debruça em capacitar outros profissionais de saúde que pretendem investir na estética facial, buscando um maior direcionamento em seus cursos on-line e mentorias.

Mutirão de Saúde do Homem

Para celebrar o Novembro Azul, período dedicado à saúde masculina, um novo mutirão será realizado em Salvador com mais de três mil vagas entre consultas e exames de PSA, contemplando homens a partir de 45 anos. Cerca de 100 médicos vão realizar atendimentos nos dias 13 e 14 de novembro, no ambulatório do Hospital Geral Roberto Santos, das 7h às 17h. Vale ressaltar que serão contemplados pacientes agendados pela internet e que apresentem o comprovante (que pode ser um print da tela do celular).

Imunização vacinal

A vice-prefeita e titular da Secretária de Saúde, Ana Paula Matos, comemorou o ‘Dia D da Multivacinação’, com um total de 15.325 imunizados durante toda a estratégia. Embora tenha finalizado a Campanha Nacional de Multivacinação na capital baiana, ela adverte: “seguiremos com a promoção de mais ações e estratégias especiais voltadas para a atualização das cadernetas de vacinas na SMS, pois vacinar é um ato de amor, e quem ama de verdade, cuida e protege”.

Viagra x Alzheimer

Uma recente descoberta realizada por pesquisadores do Centro Médico Monte Sinai, em Nova York (EUA), revelou que o Viagra, comumente usado para tratar disfunção erétil, pode ter um benefício adicional curioso: reduzir o risco do desenvolvimento de Alzheimer. De acordo com o estudo, o sildenafil, princípio ativo do Viagra, bloqueia uma enzima encontrada no cérebro de quem sofre da doença, a PDE5 e previne homens e mulheres da perda progressiva da memória. Contudo, vale salientar que pessoas afoitas devem primeiramente fazer uma consulta criteriosa com seu médico, porque consumir o remédio de forma inadequada e indiscriminada pode gerar outros efeitos colaterais graves.

Combate ao crack e cocaína

A equipe da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) conquistou a premiação de 500 mil euros (cerca de R$ 2,6 milhões), como iniciativa destaque da segunda edição do Prêmio Euro Inovação na Saúde. O medicamento, calixcoca, desenvolvido pelos pesquisadores mineiros, induz o sistema imune a produzir anticorpos que se ligam à cocaína na corrente sanguínea. O projeto já passou por etapas pré-clínicas, em que foram constatadas segurança e eficácia para tratamento da dependência de crack e cocaína.

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Assine a newsletter e receba conteúdos da coluna O Carrasco