adblock ativo

Ana Sheila, a de Conquista: há algo de novo na política baiana

Publicado terça-feira, 14 de dezembro de 2021 às 06:02 h | Atualizado em 29/12/2021, 16:44 | Autor: [email protected]
Ana Sheila: ‘É melhor construir pontes do que muros’
Ana Sheila: ‘É melhor construir pontes do que muros’ -
adblock ativo

Há algo de novo no cenário político da Bahia e, o mais raro, algo de bom. Ana Sheila Lemos Andrade, 49 anos, a Ana Sheila, ou Sheila Lemos (DEM), prefeita de Vitória da Conquista, começou o ano assumindo o poder de forma atípica e encerra surpreendendo.

Empresária, ano passado, na eleição ela foi candidata a vice do prefeito Herzém Gusmão, substituindo a mãe, Irma. Em 15 de dezembro Herzém foi internado com Covid só saiu do hospital em março, morto. Sheila foi efetivada termina 2021 com 75% de aprovação.

Por que? A questão: ela administra totalmente fora dos padrões. Tratou bem todos os aliados de Herzém, conversa com adversários, vai na feira, abraça o povo, é toda light. Dizem que em 2022, quando a campanha pegar fogo e ela precisar ‘tomar lado’, isso acaba.

Pontes — Acaba mesmo?

— Lado eu já tenho, sou aliada de ACM Neto. E acabar com esse meu jeito? Não dá. Sou assim mesmo. Acho melhor construir pontes do que muros. E o farei com diálogo, respeito.

Sheila nunca foi política. Com 49 anos, sempre foi empresária. Em 2018, com a mãe vice, resolveu se candidatar a deputada federal. Teve 5.960 votos, 4.525 deles em Conquista. Mas diz que foi aí que ganhou:

— Pela primeira vez tive contato com o povo, fui de casa em casa e comecei a conhecer realmente minha cidade.

Agora está de novo nas ruas avaliando o estrago das chuvas. Mas isso fica para os próximos capítulos.

Caso estranho na Terra Máter

Ambientalistas que atuam na Costa do Descobrimento se dizem injuriados com a destruição de uma área de restinga na orla norte de Porto Seguro para a construção de uma arena privada para shows.

Ao que se diz, a partir de 28 de dezembro, haverá um total de 18 grandes shows, com público de 10 mil pessoas. Lá se d1z que a chuvarada abafou o caso, que chama a atenção pelos espetáculos e pelo local.

Alba premia os destaques

A Assembleia realiza hoje, 17h, em solenidade no Salão Nobre, a entrega do troféu Destaques do Ano aos deputados mais votados pelos jornalistas do Comitê de Imprensa em 2021.

São eles Adolfo Menezes (PSD), presidente da casa, Sandro Régis (DEM), líder da oposição, Alex da Piatã (PSD), Alan  Sanches (DEM) e o Capitão Alden (PSL). Os jornalistas eleitos pelos deputados como destaques também serão homenageados.

Daniel Rios, agora troféu

Falecido precocemente em abril passado, vítima de um câncer, aos 46 anos, Daniel Rios, vereador em Salvador,  está lembrado em sua terra natal, Pé de Serra, região do sisal: a partir de agora, o torneio de futebol organizado lá, anualmente, que ele apoiava, passará chamar-se Troféu Daniel Rios.O fato foi celebrado domingo num jogo entre a Seleção de Pé de Serra e o Masters do Flu de Feira. David Rios (PSDB), deputado e irmão de Daniel, estava lá.

Advogados em campanha  pelo túmulo de Waldick

Um vídeo mostrando o túmulo do cantor Waldick Soriano no Cemitério do Caju, no Rio, com as lápides abertas com frestas, buliu com baianos mais chegados. Maurício Vasconcelos, advogado criminalista, filho de Brumado, e o colega Oswaldo Larangeiras Bastos Júnior, cujo pai era muito amigo do cantor, o ‘rei do brega’, deflagaram uma campanha para resgatar o respeito a memória do artista, a começar pelo túmulo. Fala Maurício:

— As imagens são chocantes. Só se sabe que é Waldick pelo número na lápide e porque tem um QR-Code. Hoje mesmo (ontem) falei com a direção do Cemitério.

Waldick nasceu em Brejinhos das Ametistas, Caetité, vizinha de Brumado, e morreu no Rio em  4 de setembro de 2008, aos 75 anos.

REGISTROS

Mais funil

Se a configuração do trânsito da área do Shopping da Bahia, o antigo Iguatemi, na era do BRT, for a que está nos dias de hoje, convenhamos, piorou. A conexão Iguatemi-Paralela todo dia de semana tem engarrafamento a qualquer hora. Virou um funil.

China em pauta

Elias Jabbour, professor de Ciências Econômicas e Relações Internacionais lança hoje no Cine Glauber Rocha, Praça Castro Alves (18h30) o livro China – o socialismo do século XXI, escrito por ele em parceria com o economista italiano Alberto Gabriele. José Sérgio Gabrielli, ex-presidente da Petrobras, estará na conversa.

Em Jacobina  

Tiago Dias (PCdoB), o prefeito de Jacobina que foi tomar posse vestido de vaqueiro montado num boi prometendo revolucionar  a administração, tem problemas internos. A vice-prefeita, Kátia da Saúde (Pode), foi demitida da Secretaria de Saúde.

Caso Clériston

Leitores nos corrigem: o acidente de helicóptero que matou Clériston Andrade foi em Caatiba, e não em Acajutiba, como dissemos em nota sábado. Caatiba fica no sudoeste baiano, próximo a Itapetinga.

adblock ativo

Publicações relacionadas