Com Alicienne, de Itambé, a Covid já matou seis vereadores na Bahia

Publicado terça-feira, 22 de junho de 2021 às 06:03 h | Atualizado em 21/06/2021, 22:30 | Autor: [email protected]

Itambé, na região do cacau, passou o fim de semana de luto. A Covid tirou de cena a professora Alicienne Chaves Gusmão, a Professora Alicienne, ex-dirigente da APLB e vereadora do PSB.

Mas também em Salvador já tirou Irmão Lázaro (PL), em Brumado José Carlos Pessoa, o Zé Carlos de Jonas (PSB), em Sítio do Quinto José Manoel de Carvalho, o Ni do Planalto (PSB), em Dias D’Ávila, Dr. José Carlos (PSD) e em Jaguaripe Reinevaldo da Conceição, o Val da Colônia.

O levantamento aí do estrago da Covid entre os vereadores baianos foi feito pela presidente da União dos Vereadores da Bahia, Edylene Ferreira (PSD), vereadora em Serrinha, com a ressalva de que uma legião de outros foi infectada.

Balanço — Aos seis vereadores vítimas de Covid na Bahia somam-se um prefeito, Herzem Gusmão (MDB), de Vitória da Conquista, e dois vices, Aurelino Bonfim (PSD), vice eleito de Iguaí, e Frank Neto (PT), de Capim Grosso. Tantos mortos com mandato em tão pouco tempo simplesmente é fato único na história.

Segundo Edylene, o risco é inerente à atividade política:

– Lamentamos as mortes. A interação que temos com o povo nos põe naturalmente em risco. E aumenta a nossa responsabilidade nos cuidados.

Alguns dizem que se políticos com mandato defendessem a prioridade não seria nada demais, mas pegaria mal. Então, corra-se o risco.

Os tremores são normais

De 2015 para cá a Bahia teve 178 abalos sísmicos oficialmente registrados, só os de 1.5 para cima. O maior foi no ano passado em São Miguel das Matas, no Vale do Jiquiriçá, que atingiu 4.6 e chegou a derrubar algumas casas e rachar outras.

Em Jacobina, onde fica a Serra do Ouro, foram 22 abalos. Mas os técnicos do Laboratório Sismológico (LabSis) da UFRGN dizem que não é nada demais. Apenas os registros passaram a ser feitos.

Sem Dino, o PCdoB piora

A notícia de que Flávio Dino, governador do Maranhão, está saindo do PCdoB para entrar no PSB bateu mal entre os aliados da sigla na Bahia, onde tem representação expressiva.

O partido tem os deputados federais Daniel Almeida e Alice Portugal e os estaduais Olívia Santana e Bobô. Em 2018 já teve problemas com a cláusula de barreira e vê a situação piorar. Um integrante diz que a preocupação é grande.

Na pandemia, menos fogos

Comerciantes de fogos em Santo Antônio de Jesus e Cruz das Almas dizem que o movimento caiu este ano ‘mais de 30%’. Também anotam o óbvio: tem menos gente nas ruas.

Aliás, em Almadina, Itapetinga e Coaraci os prefeitos seguiram a recomendação do Ministério Público de proibir fogos e fogueiras.

O MP avalia, com lógica, que fogos propiciam queimaduras que vão inchar os já abarrotados hospitais.

Em Amargosa, o foco foi no deputado Dal, ausente

Empresário bem-sucedido no ramo de combustíveis, o deputado estadual Adalberto Rosa Barreto, o Dal, foi a grande ausência notada no fim de semana em Amargosa, terra dele, que sábado fez aniversário e recebeu Rui Costa e domingo recebeu o ministro João Roma. Na tentativa de se contrapor ao prefeito Júlio Pinheiro (PT), Dal se candidatou e se elegeu deputado estadual pelo PCdoB, logo depois mudou para o PP, anda resmungando que não é bem atendido pelo governo e já andou conversando com ACM Neto.

No fim de semana, Dal não estava nem na visita de Rui Costa  nem na de João Roma. Solidário a ACM Neto que não foi lá? Resposta oficial: estava em viagem ao Rio Grande do Sul a negócios. E continua na base do governo.

REGISTROS

Desafio Izaquias

Izaquias Queiroz, o canoísta baiano de Ubaitaba que ganhou prata e bronze nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, disse em entrevista à Folha de S.Paulo que, se quiser fazer a diferença como medalhista e atleta olímpico, vai ter que trazer dois ouros de Tóquio. Torcida não falta. Ubaitaba, que divide o rio de Contas com Aurelino Leal, vive dias de restrições com a Covid.

Cacique Babau

A Uneb vai entregar dia 30 (19h), em solenidade virtual (pelo canal TV Uneb/YouTube), o título de Doutor Honoris Causa a Rosivaldo Ferreira da Silva, o Cacique Babau, líder tupinambá na região de Ilhéus e Itabuna.

Leo e o PDT

Em nota publicada sábado dissemos que o PDT baiano tem os deputados estaduais Roberto Carlos, Euclides Fernandes e Samuel Júnior. Faltou dizer que tem também Leo Prates, hoje secretário da Saúde em Salvador.

Artesanato junino

Senhor do Bonfim, que também faz São João dos bons, não vai ter forró na praça, mas de hoje a sexta terá a Feira do Artesanato Junino. A avaliação é que o evento, ao ar livre, não aglomera.

Publicações relacionadas