E a estátua de Daniel Alves sai de cena sem aplausos e sem lamentos | A TARDE
Atarde > Colunistas > Levi Vasconcelos

E a estátua de Daniel Alves sai de cena sem aplausos e sem lamentos

Confira a coluna de Levi Vasconcelos

Publicado terça-feira, 30 de abril de 2024 às 00:00 h | Autor: Levi Vasconcelos

Foi com total indiferença que a Prefeitura de Juazeiro anunciou ontem a retirada da praça da estátua de Daniel Alves, por recomendação do Ministério Público, com a justificativa de que não se gasta dinheiro público com estátuaspara homenagear pessoas vivas.

Claro que isso foi dito assim, mas não é bem assim. A estátua de Daniel Alves estava lá, sem que ninguém ligasse para os rigores da lei, quando ele despontava no cenário com o herói, craque campeão do mundo pela seleção, orgulho da terra.

Ele caiu quando cenário mudou, ao invés de herói, passou a vilão, após ter sido condenado na Espanha, onde era ídolo do Real Madrid, após ter sido condenado, acusado de estupro.

Protestos —Maurício Dias, o Mauriçola, cantor e compositor, assim resume o sentimento que pairou ontem:

— Manifestação zero, nem contra e nem a favor. O assunto foi noticiado e a noticia recebida como se fosse um fato qualquer.

Lá em Juazeiro, o Movimento Feminista fez forte pressão pela retirada da estátua. No Dia Internacional da Mulher, no início de março, uma grupo de mulheres fez uma manifestação com cartazes tipo Daniel Alves estuprador, ou Parem de nos matar.

De início alguns até tentaram separar o herói, fruto de um tempo, e o vilão, fruto de outro tempo. Mas no frigir dos ovos prevaleceu o vilão. A estátua foi vandalizada três vezes. Segundo Mauriçola, ficou muito difícil para Daniel..

Colaborou: Marcos Vinicius

Lupi resmungou por causa de Débora e abençoou Ana Paula

A presença de Carlos Lupi, ministro da Previdência e presidente nacional do PDT, em Salvador no fim da semana passada deixou claro um recado, o partido não gostou de ver o UB de ACM Neto tirar dele a vereadora Débora Régis, de Lauro de Freitas, líder nas pesquisas lá e até então a principal aposta de sucesso da legenda.

‘Foi pouco ético’, falou ele, que em compensação, reafirmou ‘a certeza’ que Ana Paula será confirmada como vice de Bruno Reis.

Ele também lançou o deputado federal Leo Prates para suceder Bruno Reis em 2028 e o também federal Félix Mendonça, presidente estadual do partido, a senador em 2026.

Ou seja, despejou o seu mix de apostas para dizer que o partido está aí aliado de ACM Neto, mas quer espaço.

Ana Paula ficou na dela. Também reafirmou que é velha amiga de Bruno Reis, mas está aí disponível.

Vaqueiro este ano bombou

César de Adério (PP), prefeito de Milagres, está em estado de graça. A Festa do Vaqueiro, realizada no fim de semana, foi sucesso total, mais de 40 mil pessoas estiveram na cidade, que é quase quatro vezes a população do município.

— E o melhor é que não houve um único incidente grave. Vou fechar a minha gestão com chave de ouro.

César já é reeleito e apoia o vice, Marcos Queiroz (PP), que até agora não tem adversário.

Na Bienal, Bule-Bule afina a sanfona para o São João

Aos 77 anos, Antonio Ribeiro da Conceição, o Bule Bule, ícone da cultura nordestina com os seus cordéis contra as injustiças sociais, é um dos homenageados pela Bienal do Livro, que se realiza no Centro de Convenções de Salvador.

— Aqui não estão todos que mereciam estar, a oportunidade não chega para todos, mas é uma grande satisfação estar no meio de representantes de uma cultura que também faço parte.

Mas ele diz estar de olho no São João.

— Grandes eventos não deveriam trazer o forró de plástico. Deveriam dar a mesma condição, exposição midiática, ao forró pé de serra. Se as oportunidade forem iguais, logo logo vai se ver quem é o melhor.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS