Senai Cimatec: Há 20 anos transformando a Bahia em referência

Publicado terça-feira, 12 de julho de 2022 às 00:10 h | Atualizado em 11/07/2022, 23:01 | Autor: Ricardo Alban
Ricardo Alban, Presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb)
Ricardo Alban, Presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) -

O Senai Cimatec chega aos vinte anos reconhecido, nacional e internacionalmente, como um dos mais avançados centros de educação, tecnologia e inovação do Brasil. Com sede em Salvador, a instituição integra Centro Tecnológico, Centro Universitário e Escola Técnica, que operam de forma sinérgica e alinhada às demandas da indústria.  

A história do Cimatec começou nos anos 1990, década em que a indústria do estado foi da estagnação à retomada do crescimento, com o projeto de atração de montadoras dos setores automobilístico e de informática.

É nesse cenário que, em 1998, a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), então presidida por José Mascarenhas, iniciou a criação de um núcleo para formação profissional, ensino superior e atendimento tecnológico para empresas, que foi batizado de Nimatech (Núcleo de Tecnologia em Integração e Manufatura).

Antes da assinatura do convênio entre a Fieb e a Prefeitura de Salvador, o núcleo passou a se chamar Centro Integrado de Manufatura e Tecnologia, Cimatec, pois, ainda na fase de planejamento, já era considerado o mais avançado Centro Tecnológico do Nordeste.

Inaugurado em 20 de março de 2002, o Cimatec é uma instituição privada, sem fins lucrativos, voltada para o desenvolvimento da indústria baiana. A primeira década foi marcada pela ampliação da sede. Foram criados os primeiros cursos de graduação, MBA e mestrado profissional, além de sólidas parcerias com institutos de pesquisa nacionais e internacionais, assim como a incubadora e aceleradora. Nos anos 2010, o Cimatec serviu como referência para o programa nacional de implantação dos ISI - Institutos Senai de Inovação, liderados pelo Departamento Nacional do Senai e pela CNI. 

O Cimatec tornou-se um dos principais desenvolvedores nacionais de projetos de P&D, como integrante da Embrapii, uma das mais importantes fontes de recursos para a inovação na indústria.

Na segunda década, o Cimatec tornou-se Centro Universitário referência nos cursos de Engenharia e Arquitetura e ampliou o mestrado e doutorado. Em 2019, já minha gestão na presidência da Fieb, foi inaugurado o Cimatec Park, complexo tecnológico e industrial em uma área de 4 milhões de m² no Polo Industrial de Camaçari, para onde a Ford acaba de transferir e expandir o seu Centro de Desenvolvimento e Tecnologia, tornando-se a primeira grande empresa do Cimatec Park. 

Nos últimos dois anos, o Cimatec foi para a linha de frente do combate à Covid-19, ampliou a atuação no interior do estado, tem trabalhado para a criação da Universidade Cimatec, vem fortalecendo o apoio às indústrias baianas de micro, pequeno e médio portes, além de tantos outros projetos que posicionam a Bahia como referência em inovação no Brasil e no mundo.

*Ricardo Alban é presidente da FIEB

Publicações relacionadas