O Carrasco - Atlas vem aí | A TARDE
Atarde > Colunistas > O Carrasco

O Carrasco - Atlas vem aí

Os bastidores da política passam por aqui

Publicado segunda-feira, 11 de março de 2024 às 00:00 h | Atualizado em 11/03/2024, 19:13 | Autor: Da Redação
Os bastidores da política passam por aqui
Os bastidores da política passam por aqui -

ATLAS VEM AÍ

Marqueteiros de plantão tremem. A parceria entre o instituto Atlas Intel e o Grupo A TARDE está de volta e, mais uma vez, vai nortear as campanhas com sua metodologia inovadora e a credibilidade conquistada em 2022, quando foi o único instituto a cravar a vitória do hoje governador Jerônimo Rodrigues. Já nesta terça-feira teremos a primeira prévia das eleições de Salvador e ao longo das próximas semanas um total de 15 municípios escolhidos de forma estratégica estarão no radar, provocando insônia na concorrência. Além das 15 cidades já definidas, outras 16 estão em processo de análise.

TRONOX NA MIRA

Advogados da indústria de pigmentos Tronox estão apreensivos esperando o próximo passo do Ministério Público. Depois da autuação imposta, de forma tardia, pelo Inema, que também deverá ser responsabilizado pelos anos de omissão, a expectativa é quanto à perícia a ser realizada nos laudos anexados ao inquérito administrativo que apura o descumprimento do TAC firmado há 11 anos. Nos relatórios químicos podem estar as provas necessárias para confirmar os sucessivos crimes ambientais e amparar não só uma série de sanções administrativas, como penais e, ainda, o pagamento de indenizações milionárias, sem precedentes.

TRONOX, CARA DE PAU

Na mesma semana que as vítimas da Tronox vencem a batalha de uma guerra, iniciada em 2007, para responsabilizar a empresa pelos danos ambientais e a saúde que causou à comunidade de seu entorno, o seu diretor vem a público insistir que a empresa não polui. Ao contrário de se situar em um polo petroquímico próximo da planta atual, como toda indústria dessa natureza e periculosidade, insiste em manter a empresa sob as mesmas condições do século passado, próximo de residências, de zona costeira e turística, dentro de um bolsão ecológico de alta relevância. "É muita cara de pau”, diz uma das vítimas da Tronox, em contato com A Tarde, que há trinta anos faz reportagens independentes sobre o caso.

IRMÃOS TORRES CONTRA EMPREENDEDORES I

Vai fazer um ano a paralisação de uma obra em loteamento urbano regular, contrariando ordem do Tribunal de Justiça da Bahia, e até mesmo as licenças e alvarás que ele mesmo expediu. Isso, por conta do decreto do prefeito de Casa Nova, Wilker Torres, irmão do Secretário de Agricultura, Tum.

IRMÃOS TORRES CONTRA EMPREENDEDORES II

Enquanto isso, ele mesmo faz obra urbana com verba da Sedur do Estado, que não deve está sabendo disso, com a possível conivência do MP de Casa Nova. Vem chegando as eleições e o que se diz na cidade é que a dupla é inimiga de quem produz de forma séria: Tum acabou com o Agro na Fenagro e Wilker com loteamento urbano regular na cidade. Parece que agora tem novo juiz titular na comarca, que comprometido com as leis e a Constituição botará ordem no caso. O Carrasco segue com lupa na causa e nos próximo passos do TJ, CNMP e TCM.

A SAGA SULAMÉRICA

O transtorno sofrido pelos usuários do plano de saúde Sulamérica ganhou um novo capítulo na última semana. A Justiça baiana condenou a operadora a manter os dependentes dos usuários que estavam sendo surpreendidos pela exclusão de filhos e demais parentes. Ainda que a notícia seja boa, os clientes dos planos de saúde, seja Sulamérica ou tantos outros, vivem o desrespeito e o abuso dos preços praticados por tais empresas. Uma barreira foi ultrapassada, mas este Carrasco está atento à tantas outras que atingem o consumidor.

APOSTA ALTA

A Prefeitura de Catu está pregando a arte da esperteza em pleno ano eleitoral. O Pequeno Sales anda pagando grandes contas para garantir a publicidade e propaganda do município. Só em janeiro gastou mais de R$ 250 mil com a mesma empresa, para disfarçar os maus feitos e problemas da gestão. Cuidado prefeito! Seus encontros com Paulo ainda podem virar contra você!

OS SEM PRESTÍGIO

Chega a este Carrasco que Colbert Martins, que está com baixa popularidade, aceitou ao longo da sua gestão as indicações de outro também mal avaliado, José Ronaldo. O que se sabe é que alguns secretários e cargos de confiança vieram de José Ronaldo, atestando o desgaste no governo. Dizem também que até o contrato milionário com uma empresa de lixo veio da indicação de José Ronaldo. Pelo visto essa parceria custou à população feirense.

VIVA AS MULHERES

O prefeito de Mata de São João, Bira da Barraca não mede esforços quando o assunto é demonstrar o seu amor pelas mulheres. Além de ter a noiva, Jaqueline Almeida de Jesus, nomeada pelo antecessor João Gualberto, que renunciou para viver em Portugal, Bira aproveitou a semana do dia internacional da mulher para nomear a sogra, Maria Clara Matos de Almeida, que se junta à cunhada, Jeovana Almeida de Jesus, também ocupante de cargo de confiança. Um abuso!

ENGANA BESTA

Já está com o Ministério Público Federal (MPF-BA), a grave denúncia contra o prefeito de Jequié, Zé Cocá, de que o gestor estaria favorecendo a empresa Superiore Engenharia LTDA., criada em setembro de 2023, com um contrato milionário no município. O ponto principal da denúncia, que foi feita por um parlamentar, é que a Superiore Engenharia é do mesmo sócio da Dinamicus Engenharia Ltda., a qual, como alegado pelo denunciante, sempre foi favorecida com contratos firmados no município. Ainda de acordo com a denúncia, somente em 2022 a Prefeitura de Jequié já teria pago mais de R$ 5 milhões para a Dinamicus. Nomes diferentes, porém, os mesmos cofres. A estratégia para tentar tapear parece que não vai dar certo.

QUEIJO SUÍÇO

A buraqueira infernal em diversas ruas de Feira de Santana tem explicação. Algumas retroescavadeiras e patróis estão quebrados e com isso a Superintendência Municipal de Operações e Manutenção do município tem a desculpa de não conseguir realizar diversos serviços nas vias públicas, que mais parecem um queijo suíço, sobretudo na zona rural. Está faltando uma visitinha dos vereadores à garagem da Prefeitura, para constatar o fato.

QUEIJO SUÍÇO II

Se for esperar pela visita dos parlamentares de Feira de Santana, para que avistem com os próprios olhos as máquinas quebradas, a população que tire o cavalo da chuva. As sessões na Câmara Municipal vão ser suspensas entre os dias 7 e 15 de março. A justificativa é que vai haver um curso de aperfeiçoamento legislativo. Já não bastou a parada para o Carnaval, e ainda a Semana Santa que vem por aí. Como o plenário é soberano, os parlamentares decidem!

METRALHADORA

O vice-prefeito de Itapetinga, Renan Pereira, anda disparando cobras e lagartos contra a administração do prefeito, Rodrigo Hagge. Se dizendo traído, Renan tem disparado uma série de críticas expondo erros administrativos do atual gestor, como também levantou suspeita de desvio do dinheiro público.

METRALHADORA II

Renan, que sempre se mostrou parcimonioso ao falar da administração Hage, soltou o verbo e chamou a gestão de fracassada ao citar segmentos como Saúde e Educação, pasta na qual levantou suspeitas sobre os quase R$ 10 milhões destinados para conclusão da obra de uma escola, valor oriundo de emenda parlamentar do deputado federal, à época, José Carlos Aleluia.

O NÃO JÁ TENHO, VOU EM BUSCA DA HUMILHAÇÃO

A semana foi marcada pela votação para conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Eterno candidato, Marcelo Nilo tentou mais uma vez ocupar o cargo vitalício da corte, mas esbarrou na preferência dos deputados pelo colega Paulo Rangel. Com tantos fracassos seguidos, o cidadão vai se aquietar ou vai continuar se humilhando? A ver.

DE SACO CHEIO

Cansado de ter passado horas sentado na sabatina dos candidatos ao TCM e que, segundo ele, não mudaria em nada mais o seu voto, o deputado Euclides Fernandes bradou durante a sessão com um pedido de encerramento antes da hora para que computassem seu voto e pudesse ir embora. Rapidamente, a presidência da comissão não permitiu e o deputado foi repreendido pelos demais colegas.

DE VOLTA AO LAR

Após três meses sem dar as caras na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o deputado estadual Binho Galinha reapareceu na Casa para dar musculatura à votação que consagrou o deputado estadual Paulo Rangel à vaga de conselheiro do TCM. Com as investigações da El Patron avançando, resta saber até quando ele ficará na Casa.

POR FALAR EM OPERAÇÃO

Por falar em El Patron, o Carrasco pesquisou e não achou a exoneração do assessor de Binho Galinha, preso na última quarta-feira, 6, em Feira de Santana. No Diário Oficial do Legislativo (DOL) consta apenas a admissão dele.

NOVOS QUADROS

O PL abriu as portas para recepcionar o ex-deputado Soldado Prisco, que já está à postos para concorrer a uma cadeira na Câmara Municipal de Salvador (CMS) pela legenda. Com apenas dois assentos, resta saber se o ex-parlamentar terá fôlego suficiente para vencer o pleito.

QUEM PAGOU COM TRAIÇÃO?

Como já era esperado, o deputado Paulo Rangel venceu as eleições do TCM. O que chamou atenção, no entanto, foi a votação do seu adversário, o ex-deputado Marcelo Nilo, que teve apenas 18 assinaturas para se inscrever no pleito e arrancou 22 votos nas urnas. A base governista se corrói para saber quem foram os traidores.

SURPRESO

Com 36 votos, Paulo Rangel diz que ficou surpreso com a sua votação no plenário para o TCM. À imprensa, o novo conselheiro disse que esperava “uma média de 38 a 42 votos”. Apesar da decepção, a operação governista em elegê-lo deu certo e o salário vitalício do parlamentar já começa a ser pago em abril.

COMO É QUE É ISSO?

Circulou por aí uma suposta planilha que já cravava os nomes dos vereadores que deverão ser eleitos na base do prefeito Bruno Reis para a próxima eleição da Câmara Municipal de Salvador. O curioso é que eleição é decidida na urna e teve até gente grande caindo nesse conto e publicando como verdade. Se a planilha já decidiu, para que o povo vai votar?

CHILIQUINHO

Por falar em política, também causou surpresa que dois deputados federais da base governista tenham se incomodando com a correria do assessor do senador Jaques Wagner, Lucas Reis. Filiado ao PT e esquerdista raiz, Lucas tem, de fato, circulado pela Bahia e possivelmente, segundo fontes, deverá colocar seu nome à disposição do eleitorado para uma vaga na Câmara dos Deputados. O que impressiona nesse episódio é o calundu que esses dois deputados têm feito. Para eles, a cadeira de deputado federal é patrimônio privado e não pode haver renovação. A oxigenação na política faz parte da democracia, senhores. Ao invés de criticar quem tem serviço prestado e quer entrar na política pela porta da frente, os dois parlamentares “chiliquentos” deveriam dar mais assistência às suas bases e melhorar a atuação no Congresso Nacional. Política se faz com trabalho e não com chilique.

SETE RAZÕES PARA NÃO INVESTIR-VIII

Não sabemos quem é pior. Se a Tronox ou os Seven Mares. O Carrasco vem pela oitava vez alertar aos investidores da Baía de Todos os Santos que a maré vermelha gerada pelas posturas pouco republicanas do peixinho da “rasgada“ e do “backhand“ tem deixado o cardume dos SEVEN mares com as barbatanas de molho. As travessuras do peixinho tem aumentado a temperatura e diminuído o oxigênio no aquário. A mortandade já é esperada pelo cardume concorrente. Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

ENQUADRADA

A enquadrada da semana vai para a prefeitura de Eunápolis, no sul da Bahia. Por lá, a prefeita Cordélia Torres, que possui índices baixíssimos de aprovação, mandou publicar escondidinho no diário oficial no finalzinho de fevereiro, um contrato no valor de mais de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) firmado com a empresa Monsarás Distribuidora e Comércio Ltda., para aquisição de papel ofício A4 e “atender” as necessidades das secretarias municipais. Como o baita contrato é anual, o valor mensal será de aproximadamente R$ 42.000,00. Ora, ora, se uma caixa com 10 resmas de papel custa aproximadamente R$ 250,00, deduz-se que as secretarias irão consumir 2.019 caixas e, consequentemente, 20.190 resmas de papel ofício A4. Conta outra, né?

Os bastidores da política com humor. Uma homenangem de A TARDE ao primeiro veículo criado pelo fundador Ernesto Simões Filho / [email protected]

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS