O Carrasco - Enquadrada da Semana

Em tempos de “Golpista do Tinder”, na Bahia temos a “Golpista dos Combustíveis”.

Publicado domingo, 06 de março de 2022 às 18:53 h | Atualizado em 07/03/2022, 08:05 | Autor: Da Redação
Os bastidores da política baiana passam por aqui
Os bastidores da política baiana passam por aqui -

ASSUNTO DA SEMANA

Enquanto a política está pegando fogo para escolha da chapa ao Governo Estadual, o prefeito de Andaraí, Wilson Cardoso, pagou de traíra. Considerado “amigo” de Wagner e da base do governo, ele nem esperou esfriar o anúncio da desistência da candidatura e tratou logo de convidar e recepcionar calorosamente, em pleno Carnaval, o Ministro Roma. Dizem por lá que não faltaram promessas, desfiles e até juras de amor. Além de pegar mau, um colega anônimo revelou também que o presidente da FECBAHIA é conhecido pelo coração de frigorífico e é só 'Venha nós'! Como Andaraí em tupi significa Rio dos Morcegos, vale lembrar que 'Quem dorme com morcego, acorda de cabeça pra baixo'.

ENTREGUE ÀS MOSCAS

E falando na Chapada Diamantina, a cidade de Lençóis anda tendo um surto de moscas de espantar turista. Seja na praça principal ou nas ruelas históricas do município, é mosca pra todo lado. Questionados, os donos de bares dizem que já acionaram a Prefeitura, mas nada foi feito. Enquanto isso, o visitante divide a comida com a mutuca e se apega ao spray para garantir a garfada, sem a maratona do Baygon. Tá difícil! 

ABRINDO AS TORNEIRAS

Reza a lenda que em último ano de mandato é que as coisas acontecem. Se na capital ainda não se tem conhecimento de travessuras, nos municípios o clima é de corre-corre. Chegam a esse Carrasco notícias de que a Diretoria de Interior da EMBASA vem abrindo precedentes  estranhíssimos. São renovações de contratos de manutenção de valores milionários, com “kapas” e reajustes anuais. Turma da oposição anda com as orelhas em pé e questiona condutas de um servidor de nome José Ubiratan Cardoso Matos. Na lupa o contrato na UNS - Senhor do Bonfim com a Empreiteira SULBAIANA EMPREENDIMENTOS que já supera 90 milhões de reais em aditivos com a EMBASA. 

O LIVRAMENTO

Com o PT ainda indefinido sobre quem deve sair como candidato ao Governo, eis que surge um nome pra lá de pitoresco pra assumir o feito. Direto da RMS e com a popularidade mais pra lá do que pra cá, Moema Gramacho foi apontada para ser a substituta de Wagner. Não deu outra! O burburinho na cidade foi um só. Moradores que acumulam denúncias e reclamações da gestão da petista em Lauro de Freitas se juntaram à oposição para declarar: de um lado a Bahia perde, do outro, a cidade passará por um livramento! Já vai tarde! 

MP-BA x MP-BA, PARTE I

Depois que próprio MP-BA denunciou o Promotor de Camaçari Everardo Yunes Pinheiro e sua esposa, a advogada Fernanda Manhente Marques, por prática de corrupção e lavagem de dinheiro, através da Operação Kauterion, a Associação do Ministério Público do Estado da Bahia (AMPEB) que representa os promotores e procuradores, inclusive aqueles que investigaram e denunciaram “o colega”, externou apoio ao “Promotor de Imoralidade e Incentivo à Crimes na Administração Pública de Camaçari”. O Conselho Nacional do Ministério Público deve ter adorado essa confusão. “Pense num absurdo, na Bahia tem precedente!”, já dizia o Ex-Governador Otávio Mangabeira.

MP-BA x MP-BA, PARTE II

O famoso promotor UmSeteYunes e agora réu da Justiça, tem apelado de todo jeito para se livrar da corda que ele mesmo deu para se enforcar. Alvo de outras frentes investigatórias em trâmite na Procuradoria-Geral de Justiça da Bahia e em Brasília, mesmo com o desmando da nota de apoio da Associação do MP-BA, o próprio MP-BA afirma que a investigação contra o promotor Everardo Yunes prossegue aprofundando as apurações em relação a outros fatos. Parece que a corda que vai tesar é longa e reforçada! 

MP-BA x MP-BA, PARTE III

Pessoas já estão trocando a sigla da AMPEB por AMBEV tamanha é a confusão, para não dizer embriaguez que esta Associação causou à reputação do MP-BA. O MP denuncia mas também apoia o denunciado? Em tempos de “memes” e descredibilidade na justiça, essa piada põe em xeque, além de tudo, a indivisibilidade da entidade. Quem autorizou a Associação declarar “total apoio” ao membro que praticou crimes e atos incompatíveis com o exercício do cargo?

FAROESTE POCADO

O Carrasco já sabe que uma certa “acusadora” fez uma separação fake e seu ex digníssimo estaria operando como agenciador e lobista, notadamente perante a algumas concessionárias de serviços públicos. Até aí tudo bem. Mas achar que ela estaria envolvida na Operação Faroeste nem esse Carrasco acredita. Por ora!

VIA CRUCIS

A Educação em Brumado vai de mal a pior. Por lá, trafegar pelas estradas vicinais é uma verdadeira 'Via Crucis'. Inclusive os alunos da zona rural não estão conseguindo acesso às escolas por causa do problema. Pela pandemia até se entende não ter tido aula, porém por causa de estradas intrafegáveis já é demais!

O BRINCALHÃO

O prefeito de Uruçuca, Moacyr Leite Júnior (União Brasil), soltou o verbo e disse que o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD) foi proibido pelo governador Rui Costa (PT) de participar do encontro com Bolsonaro, em Brasília, onde foram discutidos os problemas da lavoura cacaueira, principalmente o endividamento dos produtores. Ausência inclusive muito criticada, já que Ilhéus foi o município brasileiro que mais produziu cacau. Moacyr ainda disse que Marão "brinca de ser prefeito". 

DESUMANO

De forma recorrente, a cheia do Rio São Francisco atingiu a população de Xique-Xique, região nordeste da Bahia. Moradores agora são obrigados a conviver com dejetos, sujeira e mau cheiro vindos da lagoa de tratamento que recebe o esgoto da cidade. De acordo com denúncias, a "barbeiragem" foi do prefeito da cidade, Reinaldo Braga Filho (MDB) que teria feito um cais de contenção para a água do rio não "entrar na cidade". Além disso, a denúncia aponta que a população fica dias sem fornecimento de água e quando chega nas torneiras é suja e imprópria para consumo. O MP local já entrou no caso. Existe muita lama para ser retirada das apurações. 

PANE NO SISTEMA

Os clientes do ITAÚ se viram sem eira nem beira na última semana. Com o sistema apresentando problemas, muitos não conseguiram acessar suas contas - seja para fazer transferências ou mesmo verificar saldo. Os usuários buscam agora reaver os prejuízos e tão logo o problema aconteceu, o Procon de São Paulo notificou o banco. Agora, o ITAÚ terá que prestar “contas” sobre as “contas” que deixaram os correntistas de mãos atadas e a ver navios. 

EXIGÊNCIA A MAIS

No meio da guerra de narrativas que envolvem a montagem da chapa PT-PSD, surgiu o rumor de que o senador Otto Alencar teria mais uma condição para aceitar ser candidato ao governo: ter como vice alguém do PT, e não do PP. Aparentemente, no entanto, essa foi uma exigência de uma ala do próprio PT, logo desacreditada por integrantes do PSD e petistas pró-Otto. Uma outra corrente petista tem vetado peremptoriamente o nome do ortopedista alegando que ele irá apanhar muito com o apelido de “Traíra do São Francisco”, que irá ecoar pelos quatros cantos da Bahia.

NA HORA ERRADA

Não pegou muito bem o vice-governador João Leão receber e comemorar o título “Amigo da Polícia Militar da Bahia” na mesma semana em que moradores da Gamboa acusaram policiais da execução de três jovens da localidade. Faltou tato. Bonitão Bonitão…, não vacile.

QUEREM GARANTIAS

Aliás, o vice-governador João Leão (PP) tornou-se alvo de suspeitas desde que o governador Rui Costa deu mostras de que tentaria uma vaga ao Senado, quando terá que abdicar do cargo e passará a bola para o vice, que ficará com as rédeas do governo durante nove meses. O PP de Leão mantém relação estreita com o presidente Jair Bolsonaro. Segundo interlocutores do governador, aliados pediram garantias de que Leão se manteria leal ao projeto do PT no estado. O medo é que, assediado pelo governo federal, Leão tente se lançar a governador, contrariando todas as predições.

REVENDO AS ESTRATÉGIAS

Há quem diga que a possível candidatura do senador Otto Alencar (PSD) tem o mérito de rechaçar o discurso do antipetismo da oposição, que certamente seria uma bala na agulha caso o candidato fosse Jaques Wagner. Com Otto na cabeça de chapa, o grupo liderado pelo ex-prefeito ACM Neto terá que rever sua estratégia eleitoral. E, de fato, Neto e aliados estão à espreita, esperando o movimento dos inimigos para então realizarem os seus.

FAZENDO DE TUDO

É admirável o esforço do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) para regularizar eleitores. O estado tem 22,35% de títulos cancelados, mas o órgão tem feito o possível para aumentar a adesão da população para o pleito programado para outubro. Até mesmo serviço itinerante vai acontecer até 4 de maio, com caminhões que circularão por municípios baianos para atender quem prefere resolver regularizar o título de forma presencial, mas está distante de zonas eleitorais e postos do SAC. Mais do que isso não dá: a facilidade proporcionada pelo TRE-BA lembra o gesto de uma mãe de pôr “comida na boquinha do bebê”. 

DESVIO À ESQUERDA I

Comunista raiz defende sempre a Rússia, mesmo que seja a de Vladimir Putin. Presidente do PCdoB baiano, Davidson Magalhães, honrou a antiga União Soviética e, como manda a cartilha camarada, culpou os Estados Unidos e a Otan pela invasão russa à Ucrânia. "Não se pode negar que, desde o fim da União Soviética, os Estados Unidos e a OTAN têm realizado uma política expansionista rumo ao Leste Europeu. O objetivo sempre foi incitar embates entre os países vizinhos, sobretudo ex-repúblicas soviéticas, para pressionar militarmente a Rússia", escreveu.

DESVIO À ESQUERDA II

Em seguida, completou: "O que acontece na Ucrânia é resultado dessa crescente escalada agressiva, que culminou em tensões entre dois países que sempre partilharam não só as fronteiras, mas também povos e culturas. As preocupações da Rússia com sua segurança precisam ser levadas em conta e o cerco da OTAN revertido". Tenha santa paciência, né companheiro.

ENQUADRADA

Em tempos de “Golpista do Tinder”, na Bahia temos a “Golpista dos Combustíveis”. E é por isso que vai para ela a enquadrada da semana. Depois de adquirir a Refinaria Landulpho Alves e o Terminal de Madre de Deus, a ACELEN não disse a que veio. Ou melhor, disse sim, e da pior forma. Além de desdenhar, na maior cara de pau, com os Municípios de Salvador, Candeias, São Francisco do Conde e da própria Madre de Deus, recusando-se a quitar o bilionário passivo fiscal e ambiental deixado pela Petrobras perante essas cidades, a novata vem pisando forte no pescoço do consumidor. Já se chega ao quarto ou quinto aumento nos valores dos combustíveis. O último aumento nos primeiros dias de março fez a gasolina ultrapassar os R$ 8 em postos da capital e no interior do estado. O presidente do Sindicombustiveis, Walter Tannus Freitas, já denunciou o caso ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), em virtude de abuso de poder econômico. Tannus disse em recente manifestação que “A Acelen não vem praticando o congelamento do ICMS, determinado pelo Governo do Estado da Bahia, e o imposto representa hoje um custo de R$ 2,2442 por litro da gasolina C”; de R$ 1,3462 no litro do biodiesel S10, e de R$ 1,3196 no litro do biodiesel S500”. A população, revoltada, não demora a fazer barreiras de fechamento na estrada que dá acesso, tanto à refinaria, quanto ao TEMADRE. Só assim pra ver se esses árabes tomam jeito.

Publicações relacionadas