O Carrasco

Publicado segunda-feira, 22 de junho de 2020 às 06:00 h | Atualizado em 20/06/2020, 16:51 | Autor: O Carrasco

BOM JESUS PROTEJA

São inúmeras as insatisfações dos prefeitos com a direção da União dos Municípios da Bahia (UPB). O presidente e alguns diretores, com raras exceções, abandonaram a tradicional instituição municipalista justamente no momento de pandemia, quando os edis mais precisavam de apoio. Comenta-se entre os prefeitos que alguns legitimamente foram cuidar da reeleição. Quanto ao presidente - que não poderá concorrer à reeleição - o seu desânimo e a sua preocupação devem-se à necessidade de se dedicar integralmente às defesas das acusações que pairam sobre sua gestão em Bom Jesus da Lapa.

PAULO AFONSO E GARD NELES

A empresa Gard Terceirizadas de Serviços segue aproveitando as brechas que a prefeitura de Paulo Afonso consegue para limpar a cidade e firmar seus contratos milionários. Achando que não está sendo visto, o prefeito da cidade renovou o contrato no fim do ano passado com a empresa por nada mais, nada menos que R$ 12, 4 milhões. Sem justificar o porquê de tantos milhões para uma limpeza de uma cidade do interior da Bahia, o gestor está se vendo na saia justa ao ter que equilibrar as contas públicas em plena pandemia. Sem ter a quem pedir e quase sozinho na defesa dos milhões da Gard, ele tem rezado para que a Covid abafe este contrato pra lá de especial. Salve Luiz de Deus!

HONDA SINÔNIMO DE RECLAME AQUI!

Tem concessionária em Salvador que abriu as portas após decreto municipal, mas que não está cumprindo com as devidas regras de segurança. Clientes já estão se queixando e procuraram O Carrasco para informar que quando não é falta de cuidados por conta da pandemia, é o mau atendimento. O Carrasco já passou as queixas para o conhecido site, o Reclame Aqui. E lá tivemos uma surpresa: em 2018, a Honda ocupou o pior lugar dentre empresas do ramo automobilístico em reclamações. Foram mais de 1.400 queixas e apenas 36% foram resolvidas. Pelo visto, a empresa quer atingir a meta e a concessionária que a representa na Bahia está fazendo direitinho o dever de casa. Assim vai ficar no topo e se tornar Imperial.

SANTO ANTÔNIO E O ALIMENTO VENCIDO

E não é que tem pai e mãe preocupados ainda com a situação dos alimentos vencidos nas escolas de seus filhos? Pois bem. Mês passado, a Secretaria de Educação de Santo Antônio de Jesus, após denúncia sobre a inclusão de um alimento vencido no kit distribuído para a rede municipal, constatou o que no momento do carregamento de um dos caminhões, um produto que havia sido recolhido das escolas justamente por estar com o vencimento próximo e que foi separado em um depósito anexo, foi colocado equivocadamente junto aos alimentos novos e levado novamente para uma unidade escolar do município.

INVESTIGAÇÃO URGENTE

Pois ao Carrasco, os pais dizem estar preocupados e pedem investigação urgente, já que, não se tem garantia sobre as validade dos alimentos e os estudantes estão com a saúde em risco. De caminhão em caminhão, em meio à pandemia e dinheiro circulando sem licitação, nunca se sabe onde o prato certo vai parar.

QUANTA DIFERENÇA...

Costuma chamar atenção a diferença dos números da Covid-19 contabilizados pelo consórcio da imprensa e pelo Ministério da Saúde. Mas as dificuldades para lidar com os dados parece ser geral. Observadas as 20 maiores cidades da Bahia, há divergências entre os números das secretarias municipais e os da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Quem foge à regra é justamente a capital baiana, que tem divulgado ultimamente dados que coincidem sempre com os do Estado. Mas vale lembrar a atuação conjunta entre prefeitura de Salvador e governo do Estado contra a pandemia, o que pode explicar a exceção.

PROVA CONTRA SI?

O agora ex-secretário queridinho dos governos petistas admitiu em entrevista à uma TV aberta do estado, na última semana, que houve erro na licitação que pode ter causado um prejuízo milionário ao estado. Os órgãos de controle não terão trabalho em encontrar os culpados por assinar um contrato que não tenha seguro garantia e um valor altíssimo. Isso é o mínimo que o gestor público deve se atentar. Até em meio à uma pandemia.

AGRADO AO CHEFE

E a busca pelo monopólio do bolsonarismo na Bahia ganhou um novo e trágico capítulo. Após o chefe do Brasil declarar guerras aos hospitais, local onde, conforme a teoria defendida por ele, os prefeitos e governadores forjam doentes e corpos, o deputado policial do Bahia, Capitão Alden (PSL), resolveu invadir um hospital para ter mídia e ganhar a atenção do presida. Bolsonaro não se manifestou sobre o feito ‘heroico’ do baiano e ele deverá responder alguns processos pela ação. O Carrasco se pergunta, valeu a pena?

DESAFIOS EM SÉRIE

O senador do PSD avalia que o seu projeto de lei enfrentará dois desafio. O primeiro é o de ser aprovado na Câmara dos Deputados. Otto tentará mobilizar parlamentares da base de apoio ao seu partido e até o próprio presidente da Casa, Rodrigo Maia, que já criticou a atuação dos bancos em meio à pandemia da covid-19, para conseguir sua apreciação ainda nesta seman. “Se ele quiser, ele pode colocar o texto em votação já na próxima terça”. Mas, depois da Câmara, vem o que o senador classifica como um desafio maior, que é a sanção do presidente da República.

FARINHA NO SACO

Vem aí as séries “Casa de Farinha “ e “ Serve Mais “. Em tempos de pandemia dançar forró em quadrilha não é recomendado! Viva São João ! De Pernambuco a Bahia !

FARINHA NO SACO 2

Empresa proibida pela Justiça de participar de licitações pode ser contratada? Pelo visto e se tratando de serviços de nutrição e alimentação lembramos logo daquele ditado popular: Farinha pouca, meu pirão primeiro!

DEU RUIM EM BARREIRAS

Deu ruim para o prefeito de Barreiras, João Barbosa de Souza Sobrinho Em plena pandemia do novo coronavírus, ele foi punido pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), na sessão da última quinta-feira, 18, por irregularidades na contratação de empresa para o fornecimento de material para iluminação pública, ao longo do exercício de 2019. O relator do processo, conselheiro Francisco Netto, também determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual para que seja apurada a prática de ato de improbidade administrativa. E mais: o prefeito foi multado no valor de R$ 10 mil.

E TAMBÉM PREJUÍZO

O prefeito é acusado de assinar um contrato no valor de R$3.970.448,46, com “ ausência de competitividade” em razão da desclassificação de quatro outras empresas participantes – em desacordo com a Lei Federal nº 8.666/93. A adoção de regime de licitação inadequado, diz o TCU, teria resultado em prejuízo aos cofres públicos municipais.

REVIRAVOLTA EM ILHÉUS

Não foi só o sinal de alerta que foi ligado em Ilhéus. Após um aumento significativo dos casos de Covid na cidade, no prazo de 24 horas, o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) entrou com uma ação na Justiça para que a prefeitura não avance nas fases seguintes de reabertura do comércio até o dia 30 deste mês. O MP quer, com isso, que o impacto dos 14 dias de abertura gradual do setor possa ser avaliado. Nesse dia, 389 novos casos foram notificados, totalizando 8.497 em Ilhéus.

UFC JEREMOABO

O tempo vai esquentar em Jeremoabo.

A eleição municipal será um confronto sangrento entre a baixinha cruel Anafel, treinada pelo mestre Otto, e o piloto de jegue Deri, discípulo da legião dos Negros Montes. Quem conhece o octógono local aposta que a briga deixará sequelas profundas na terra do barão.

BIG CANDEIAS, BIG ADVOGADO...

O TSE finalizou na semana passada o caso eleitoral que poderia chegar na cassação do prefeito Pitagóras. Receoso de uma derrota, o alcaide solicitou os serviços do famoso advogado José Eduardo Cardozo, ex-Ministro da Justiça, cuja contratação, segundo se comenta nos bastidores, não sai por menos de 1 milhão de reais. Depois da defesa brilhante que desempenhou no caso de Dilma Roussef, o causídico passou a ser um dos mais requisitados em Brasília, tanto pela sua envergadura jurídica como pelo seu trânsito nos tribunais superiores. A oposição em Candeias já aventa a possibilidade de solicitar do prefeito explicações sobre como conseguiu tanto dinheiro para constituir Cardozo, já que sua declaração de renda perante a Justiça Eleitoral não chega nem perto desse big contrato.

Publicações relacionadas