adblock ativo

O Carrasco

Publicado segunda-feira, 29 de novembro de 2021 às 06:00 h | Atualizado em 28/11/2021, 18:23 | Autor: O Carrasco
Os bastidores da política baiana passam por aqui
Os bastidores da política baiana passam por aqui -
adblock ativo

ASSUNTO DA SEMANA

A Rede de Supermercados Carrefour entrou no Hall das canceladas. De vilã contra os animais e B.O. com registro de assassinato, agora ela faz parte da seleta lista dos crimes ambientais. Uma ação do MPF e MP-SP pode fazer com que o Carrefour pague quase R$ 15 milhões, depois de um vazamento de óleo que partiu de um gerador ter matado peixes em Santos. Sem saída, a granfina francesa pode estar no limite das ocorrências, onde não há mais apelação que possa surtir efeito para manter as portas abertas.

POUCO CASO

A situação não anda boa para os professores do município de Paulo Afonso, no Vale do São Francisco. A pergunta que não quer calar é sobre a suplementação orçamentária de mais de R$ 10 milhões para as ações na Educação. Chegou a este Carrasco notícias de que os orçamentos e recursos da Educação são transferidos para outras secretarias. Por lá, pelo visto, a Educação é matéria esquecida.

HAGE OU NÃO AGE?

Com 80 mil habitantes, Itapetinga, que fica no Sudoeste do Estado, vive um novo surto de infecção pelo Coronavírus. Nesta última semana, o município registrou mais três mortes, que já se somam 151 no total. São 166 casos sendo monitorados e 81 ativos. Tivemos informações que festam continuam sendo realizadas normalmente e, até agora, a gestão municipal não ligou o sinal de alerta. É esperar pra ver e morrer!

AUTORITARISMO EM ALTA

Sem diálogo, o prefeito de Santo Antônio de Jesus, Genival Deolino (PSDB), determinou a relocação da comunidade Nova Cannã. O Carrasco está de olho e espera a resposta do gestor sobre a constituição da tal Zona Especial de Interesse Social.

NERVOSINHO

Ouvido pela Policia Federal, o secretário de Saúde de Feira de Santana, Marcelo Britto, saiu distribuindo "patadas" ao ser questionado pela imprensa sobre a denúncia feita pela Câmara Municipal, de que a empresa dele teria recebido verba pública do Executivo para realizar consultoria em uma UPA local. O valor recebido ficou em torno de R$400 mil.

JOGO VIROU

Se em algum momento a realização no Carnaval parecia estar num horizonte próximo, com o prefeito Bruno Reis (DEM) quase como um baluarte da folia e defensor dos empresários do ramo, agora este cenário parece cada vez mais distante. A Europa, com problema para enfrentar os antivacinas, agora teme ainda a chegada da nova variante identificada pela primeira vez na África do Sul, e em trato de pandemia, outras nações são espelho para o Brasil. Até o discurso do chefe do Executivo já arrefeceu. Parece que o jogo virou, com responsabilidade.

SEM MORAL

Um vereador estreante na Câmara Municipal de Salvador com forte ligação com a periferia parece que tá sem muita moral. Apagado no mandato, vai promover um evento de Hip-Hop e tentou mobilizar pessoas da cena para a organização. No entanto, a situação toda foi vista com desconfiança e nessa procura recebeu algumas respostas negativas.

ASSUMIU

A infectologista Ceuci Nunes resolveu assumir a paixão pelo PT e, enfim, filiou-se ao partido. Diz que "demonizar a política só serve para quem quer fazer política em benefício próprio". Ela, obviamente, não se coloca nesse grupo. Quer "participar por defender direitos coletivos, direitos dos mais vulneráveis". Será que vem candidatura por aí?

VAI PRA REELEIÇÃO

Caso alguém ainda tivesse dúvida se o senador Otto Alencar (PSD) teria outras pretensões eleitorais em 2022, Gilberto Kassab, cacique do PSD, deixou claro: o senador vai disputar mesmo é a reeleição. Primeiro vamos ver se o Correria vai abrir mão da vaga, segundo é uma pena, porque traíra raiz não vai para lugar nenhum. Voto jogado na lata do lixo.

PONTEIRO

Como um relógio querendo apontar a hora certa, recentemente foi divulgada a primeira pesquisa presidencial após a oficialização do Moro como político partidário. A Ponteio Consultoria Política divulgou o pré candidato do Podemos se consolidando como "terceira via" ao despontar com 11% das intenções de voto. Curioso é o fato do instituto, criado na mesma semana da realização e divulgação da pesquisa e contabilizando um capital social de apenas R$7 mil, ter cacife para bancar uma pesquisa idônea de relevância nacional.

NETO E MORO EM 2022?

Como presidente nacional do Democratas, ACM Neto será peça importante para o funcionamento do União Brasil, partido que será fruto da fusão do seu partido com o Partido Social Liberal (PSL). Horas depois da cerimônia de filiação de Sérgio Moro ao Podemos, na semana retrasada, o ex-prefeito de Salvador conversou com o ex-juiz federal, que quer sair como candidato à presidência. A deputada federal do PSL, Dayane Pimentel, anunciou na última semana que fará a campanha de Moro na Bahia. Cedo demais para pensar numa aliança?

QUEIMOU A LARGADA

A turma do futuro União Brasil anda meio ressabiada com Luciano Bivar. Na última semana, ele "queimou a largada" ao colocar Mandetta fora da disputa presidencial. A piada que correu nos bastidores é que o pernambucano teve uma "ejaculação precoce". Mandetta, como todo mundo sabe, não será de fato candidato a presidente, mas esse anúncio não era para agora. Fato é que a declaração causou grande desconforto. Caso haja coligação entre PODEMOS e UNIÃO BRASIL, há quem defenda que seria mais sensato Moro ser candidato a vice, numa chapa que, conforme rumores, seria encabeçada por Eduardo Leite, que deixaria o PSDB após perder as prévias para João Doria e se filiaria ao 44.

SINUCA DE BICO

Com a filiação do presidente Jair Bolsonaro ao PL, é muitíssimo provável que seu ministro da cidadania, deputado João Roma, deixe o Republicanos e marche para a sigla de Bolsonaro. Caso isso efetivamente ocorra, Acm Neto (DEM) então poderá ter um dilema: dispensar o apoio importantíssimo do PL, que detém muito fundo partidário e muito tempo de propaganda eleitoral no rádio e tv, ou aceitar goela abaixo a “indicação” de Roma para ser o candidato ao Senado na sua chapa. Informações que chegam a esse Carrasco apontam que, habilidoso, o ex-prefeito de Salvador já teria uma carta da manga para resolver esse impasse. O lançamento de sua candidatura, que promete ser um evento com mega demonstração de força, marcado para a próxima quinta-feira (02/12), poderá ter algumas dicas dessa cartada do pré-candidato. Agora é esperar para ver.

ENQUADRADA

A enquadrada da semana vai para o Vovô do Ilê. Aliás, o vovô também foi enquadrado pelo próprio Ilê Aiyê. Depois de acusar a Petrobras e uma de suas funcionárias de racismo, em virtude da perda de patrocínio já vivida há alguns anos, percebe-se o quanto vovô parece deixar de lado os ideias do “mais belo dos belos” em prol de política partidária. Não se resolve questões financeiras acusando de racismo, pessoas ou instituições que sempre lhe estenderam a mão. Para desfazer a falta de educação do vovô, o bloco emitiu nota emparedando seu líder. Na nota, o Ilê reforça que “Vovô relembrou um fato passado e isolado, que não reflete o entendimento da entidade Ilê Aiyê sobre a postura de sua parceira Petrobras”. O comunicado também diz que o presidente do bloco não teve a “intenção de estender o seu entendimento sobre episódio pontual à conduta da companhia”.

Lembrando a contribuição da parceria com a Petrobras, que ajudou o Ilê Aiyê a construir a sua sede no bairro do Curuzu, em Salvador, o puxão de orelha ainda acrescenta que o patrocínio da empresa segue ativo em um projeto de circulação de shows “Que Bloco é Esse?”. A sorte de vovô é a credibilidade do Ilê e se não fosse isso, ele já deveria ter deixado o posto que usa para questões político-partidárias.

adblock ativo

Publicações relacionadas