Comitês têm nova direção após a folia

Publicado quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020 às 06:02 h | Atualizado em 19/02/2020, 23:12 | Autor: Rodrigo Aguiar, Miriam Hermes e Redação | [email protected]

Ano novo logo após o Carnaval para os comitês temáticos integrantes do Fórum Regional Permanente de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (FRPMPE), organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado.

Os comitês buscam ampliar a parceria entre os setores público e privado como forma de fortalecer os resultados em cada uma das áreas representadas por empresários e profissionais ativos nos temas estabelecidos.

– A tendência é converter as competências desses comitês temáticos em serviços em benefício aos pequenos empreendedores da capital e do interior, potencializando a geração de emprego e renda em toda a Bahia” – afirmou João Leão, vice-governador e presidente do colegiado, além de secretário de Desenvolvimento Econômico, ao dar posse aos novos coordenadores.

Como entidade capaz de congregar 35 sindicatos de empresários lojistas dos mais variados segmentos, a Federação do Comércio (Fecomércio) não poderia ficar de fora e estará presente com dois coordenadores.

O Comitê de Desburocratização e Compras Governamentais terá como coordenadora uma representante da Câmara da Mulher Empresária da Fecomércio, Manuelina Ferreira.

Já o coordenador da Câmara do Jovem Empresário da Fecomércio, Pedro Dornas, tomou posse no Comitê de Competitividade e Acesso a Mercados, enquanto Reginaldo Rossi, da Associação Comercial da Bahia, assumiu o Comitê de Investimento e Financiamento.

Para o comitê público, indicado pelo vice-governador, estarão liderando a vice-presidente da Juceb, Paula Assis, Jorge Sande, da Desenbahia, e Agnaldo Freire, superintendente da Secretaria de Ciência Tecnologia e Inovação (Secti).

“Uma pena que um ministro [general Augusto Heleno, do GSI] com tantos títulos tenha se transformado num radical ideológico contra a democracia, contra o Parlamento. É muito triste”

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, reagindo a áudio captado na terça-feira durante o hasteamento da bandeira no Palácio do Planalto, quando o general Augusto Heleno teceu críticas ao Parlamento

Tarifa social do ferry

Um grupo de trabalho se reunirá a partir da primeira semana de março para discutir os moldes da tarifa social do ferryboat – que permite ao usuário fazer ida e volta pagando apenas uma passagem. Além da Internacional Travessias, a prefeita de Itaparica, Marylda Barbuda (PDT), e a deputada Fabíola Mansur (PSB) debaterão o assunto. Presidente da Comissão de Educação, Cultura e Serviço Público da Alba, Fabíola defende a derrubada de portaria, de 2018, que estabeleceu como critério para ter direito à tarifa social ser beneficiário do Bolsa Família.

– Se você colocar só pra quem ganha Bolsa Família, vai restringir muito. São trabalhadores e estudantes que ganham menos que dois salários mínimos, a maioria ganha um – argumenta a deputada.

Queda no otimismo

A pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira – Principais Problemas do País e Prioridades para 2020, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), revelou expectativas de queda no imbatível otimismo brasileiro para este ano.

Em dezembro de 2018, eram 66% crentes na melhoria da situação econômica do país em 2019, incluídos os que tinham fé exagerada neste desenvolvimento. Este ano, menos da metade da população, ou 49%, está nesta categoria, conforme a pesquisa.

A equipe de trabalho responsável pela pesquisa anexou uma análise qualitativa como forma de tentar entender os números. A queda verificada entre os confiantes é explicada pela decepção contrastante com o excesso de otimismo no novo governo.

POUCAS & BOAS

A assinatura de um acordo de cooperação técnica para intervenções imediatas vai acelerar o processo de recuperação de nascentes na zona rural de Barreiras. O documento, assinado pela prefeitura local, a Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) e a Codevasf, assegura o aporte de R$ 704 mil para ações em nascentes degradadas.

Em Correntina começam hoje os festejos de Carnaval com o Baile Municipal à Fantasia, na Casa de Cultura Iozinho Costa. Com o tema “E a festa continua... escolhi Correntina para brincar”, os organizadores do evento apostam no incremento da economia local e no fortalecimento da cultura carnavalesca no Vale do Rio Corrente.

Publicações relacionadas